.

.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

INVENTOR BACABALENSE PARTICIPA DE MOSTRA CIENTÍFICA EM BELO HORIZONTE — MG



O jovem bacabalense José de Ribamar Frazão de Lima, 32 anos, participou, na semana de 29 de setembro a 4 de outubro, das “Olimpíadas do Conhecimento”, mostra científica em que o SENAI, através do projeto INOVA SENAI, disponibiliza espaço para a divulgação de jovens inventores. O evento foi realizado na cidade de Belo Horizonte através de mostra que reuniu inventores de todo o Brasil, dentre os quais alunos dos variados segmentos do Sistema “S” (Senai, Sesi, Senac, Fiema, etc.).
             As Olimpíadas acontecem anualmente em duas etapas de classificação: estadual e nacional. Na etapa estadual Ribamar galgou o 2º lugar, ao expor em São Luís o seu “suporte regulável para corte de garrafas de vidro”, classificação que o levou à etapa nacional, em Belo Horizonte-MG, onde alcançou a 25ª posição entre os 50 finalistas, os mais de 300 da fase semifinal e os mais de 800 da etapa de inscrição nacional.
Ribamar, que já tem em seu currículo outras invenções em fase de patenteamento, inclusive, tendo participado da mostra de 2011 em São Luís, obtendo o 3º lugar no estadual com o projeto “Capa protetora para bancos de motocicletas”, vem contando com o apoio do SENAI de Bacabal, nas pessoas de seu diretor e instrutores, tendo sido acompanhado por Davi e Elias (2011) e Mauro (2013/2014).
Desde criança Ribamar se mostrou curioso, produzindo criações de objetos utilitários e decorativos, sobretudo de vidro, além de demonstrar outros talentos como roteirista de filmes e habilidades em artes cênicas. Suas invenções já são conhecidas e aprovadas no Estado e fora dele, por diversas autoridades, apesar de ainda não ter produção em larga escala, estando algumas na fase de patenteamento e outras em fase de aperfeiçoamento.
Mesmo com dificuldade e carente de incentivo e patrocínio para seus empreendimentos, Ribamar não desiste, e cada dia revigora-se na realização de seus múltiplos sonhos. No tocante às artes cênicas, atualmente ele está engajado na produção de uma mostra de vídeo visando se apresentar em programas de televisão.
Apesar de não ter sequer o ensino fundamental completo, Ribamar se sobressai como um grande exemplo e espelho para a juventude. Sua garra e atitudes comprovam que não importa o tamanho da dificuldade, mas a vontade e a esperança de se vencer.

Prefeito de Lago Verde continua na mira da Justiça e pode ser preso por saque de quase R$ 1 milhão.

DO BLOG DO LOUREMAR 


Quem acha que Raimundo Almeida, prefeito de Lago Verde, está fora do alcance da Justiça, está enganado. Raimundo Almeida e o filho dele, Alexandre Cruz Almeida, continuan respondendo processo por terem sacado indevidamente a quantia de quantia de R$ 936 mil de diversas contas da Prefeitura do Município de Lago Verde. Na terça-feira (29) o Tribunal Regional Federal da 1º Região recebeu a denúncia contra os dois, feita pelo Ministério Público Federal.

O caso se deu em 2010, quando os vereadores de Lago Verde votaram pelo afastamento do prefeito. Por meio de uma liminar o prefeito Raimundo Almeida voltou a assumir o cargo e no dois dias seguintes (9 e 10 de fevereiro) foi até uma agência do Banco do Brasil em Bacabal e fez o saque.

A dinheirama era resultado de transferências da União para fundos de educação e saúde.

Raimundo Almeida teria sido afastado da prefeitura pela Câmara Municipal, em 4 de fevereiro de 2010. No dia 8 de fevereiro, ele conseguiu uma liminar e voltou a assumir o cargo. Os saques foram feitos por ele e seu filho nos dias 9 e 10 de fevereiro, em uma agência do Banco do Brasil no município de Bacabal/MA.

Os recursos eram oriundos de transferências da União para fundos direcionados à educação e à saúde, além de recursos derivados de tributos. Em 10 de fevereiro, a liminar foi cassada e Raimundo foi obrigado a deixar a prefeitura novamente.


O que diz o Prefeito Raimundo Almeida

Os denunciados alegam que o dinheiro foi retirado para efetuar pagamentos da prefeitura listados na prestação de contas e que teriam sacado em outro município por não haver agência do Banco do Brasil em Lago Verde. Porém, o laudo contábil financeiro da Polícia concluiu que os cheques questionados não constam nos documentos da prestação de contas.
Em documento encaminhado ao Tribunal Regional Federal, o Ministério Público Federal deixou claro que “este processo não tem por finalidade apreciar a regularidade das contas apresentadas perante a Corte de Contas Estadual, mas sim condená-los pela prática do crime de responsabilidade que cometeram, de maneira que não há falar em afronta ao princípio da independência dos poderes. Não há dúvidas de que compete ao Poder Judiciário, em face de conduta criminosa, aplicar aos infratores a sanção penal correspondente”.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Judiciários paralisam atividades nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira (29) acontece a paralisação pelo dia nacional dos servidores do Judiciário. No Maranhão, paralisação é articulada pelo Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão- SINDJUS-MA.
Os servidores lutam por auditória financeira no Tribunal de Justiça, cumprimento integral da decisão do STF dos 21,7%, reposição das perdas salariais de 2014, contra a PEC 63/2013 e pela valorização e melhores condições de trabalho para os servidores.
Em São Luís, os servidores estarão concentrados a partir das 07h30 na porta do Tribunal de Justiça, onde realizarão ato público às 09h e colherão assinaturas para o abaixo-assinado popular em apoio ao pedido ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para que seja realizada auditoria no Judiciário Maranhense.
Nas comarcas no interior a recomendação do SINDJUS é que os servidores se concentrem na porta dos Fóruns e colham assinatura para o abaixo-assinado.

Em entrevista, Flávio Dino fala sobre prioridades da Segurança Pública


O governador eleito Flávio Dino anunciou medidas que serão adotadas logo no primeiro mês de governo para garantir mais segurança à população maranhense. Entre as ações destacadas em entrevista concedida à Rádio Educadora, na manhã desta segunda-feira (27), estão o combate à criminalidade e ao tráfico de drogas, valorização das policiais Civil e Militar, além de dobrar o número de policiais, compromisso assumido com o Programa de Governo.

Um dos pontos destacados por Flávio Dino foi trabalho de prevenção e combate ao crime. “Vamos deixar claro que não queremos tráfico de drogas no Maranhão, vamos combatê-lo e melhorar questões de segurança para a pessoa jovem. Vamos fazer com que a economia cresça, além de levar espaços de esporte e cultura para todo o estado”, citou, ao lembrar que a insegurança tem vitimado números cada vez maiores de jovens. Outra prioridade para o setor, segundo ele, é dobrar o número de policiais que atuam no Estado. A meta será cumprida de forma progressiva, durante os quatro anos de gestão.

Para reduzir o índice alarmante de homicídios na capital, que chega a mil mortes por ano, Dino defende uma política firme de combate à criminalidade com enfrentamento às quadrilhas, ao crime organizado dentro e fora da Penitenciária de Pedrinhas.

Logo após anunciar o nome do próximo secretário de Segurança Pública do Maranhão, o delegado Jefferson Portela, o governador eleito ressaltou o papel do Estado de cuidar da valorização e motivação dos policiais e manter o diálogo com a categoria. “Nós temos o compromisso de aumentar progressivamente o número de policiais em todo o estado, que hoje tem a pior relação policial por habitante no país. A nossa meta é dobrar o número de policiais atendendo a comunidade das ruas até 2018 e, com isso, melhorar o combate à violência e garantir tranquilidade às famílias em todo o estado”, observou.

Nessa linha, Dino reafirmou que cuidará da temática dos direitos com uma política permanente de atendimento de reivindicações que foram deixadas no passado. Como exemplo, citou que logo no começo da gestão trabalhará para a revogação do Regulamento Disciplinar do Exército, em substituição a um Código de Ética, além de avançar nas questões salariais.

Propostas e Transição

A entrevista também respondeu dúvidas dos eleitores que ligaram diretamente para a rádio e conversaram com o governador eleito ao vivo. O momento foi de dar mais detalhes sobre seu Programa de Governo.

Flávio Dino reafirmou seu compromisso com a garantia de direitos e falou sobre a expetativa de avanço na transição do governo. Temas como saúde, educação, segurança e abastecimento de água foram discutidos pelo governador eleito que assume a administração do Maranhão a partir de 1º de janeiro.

Ele lembrou que equipe liderada por Marcelo Tavares e Márcio Jerry solicitou informações há cerca de 15 dias e até agora não obteve resposta da equipe designada por Roseana para fazer o repasse de documentos ao próximo governo.

“Nós estamos esperando a resposta. Tenho a expectativa e a esperança de que a transição agora seja acelerada”, disse ele ao reiterar o pedido para que a seja acelerada a prestação de informações, de modo que já no dia 1º de janeiro o governo possa cumprir as propostas do Programa de Governo.

São Pedro dos Crentes é o único no MA que deu vitória a Aécio


 JULIA AFFONSO – O ESTADO DE S. PAULO

‘Somos uma pequena cidade inteligente’, diz eleitor tucano da cidade que tem 4 mil habitantes. Aécio venceu por uma diferença de 5 votos

A vitória da presidente Dilma Rousseff (PT) só não foi total no Maranhão – Estado onde ela recebeu o maior porcentual de votação no País – porque ela perdeu em um município, por uma diferença de cinco votos: São Pedro dos Crentes. Aécio Neves (PSDB) teve 50,10% dos votos válidos, com o apoio de 1.256 dos eleitores, contra 49,90% da petista, com 1.251.

A cidade de 4 mil habitantes fica no sul do Estado, a cerca de 650 quilômetros da capital São Luís. O comerciante Urias Castro de Souza, de 54 anos, afirma ter votado em Aécio, por causa das notícias de corrupção relacionadas ao governo do PT.

“A gente vê as fraudes nos jornais. E em todos os setores. Hoje, nós somos uma pequena cidade de pessoas inteligentes”, diz. O comerciante conta que quase não houve campanha de nenhum dos candidatos no município, que vive de agropecuária. A atual prefeita de São Pedro dos Crentes é Luíza Coutinho, do PSDB.

No Maranhão, Dilma teve 78,76% dos votos válidos, contra 21,24% de Aécio. A petista recebeu votos de 2.475.762 eleitores, enquanto o tucano levou 667.517.

Recorde. O município brasileiro que mais votou na presidente fica no lado oposto a São Pedro dos Crentes. Belágua, um município de cerca de 7 mil pessoas, no norte do Maranhão, deu o maior porcentual de votos à Dilma no País. Na cidade, a petista atingiu 93,93% dos votos válidos, contra 6,07% do tucano. O autônomo Raimundo Rodrigues de Souza, de 50 anos, ajudou a reeleger a presidente Dilma. Ele foi um dos 3.558 eleitores da petista na cidade maranhense.

“Sempre procurei ajudar o Lula e a Dilma. Apesar de eles nunca terem vindo aqui, ajudam demais”, afirmou. “Ela dá prioridade ao pobre e à pessoa carente.”

Segundo ele, há muitos beneficiários do Bolsa Família na cidade, que vive da lavoura, da pesca. Ele afirma não receber o benefício. “O povo da Belágua colocou na cabeça que vai manter ela no poder para ajudar no combate à pobreza”, explica.

O lado tucano da cidade, que deu 230 votos a Aécio, contou com o apoio do pedreiro José Raimundo da Silva Vale, de 30 anos. “Não sei se ele seria um presidente melhor que Dilma. Mas ela teve o apoio da família Sarney, e eu quero que eles saiam do poder.”

Dilma deve tirar Lobão do Ministério de Minas e Energia


O Globo – Reeleita domingo, a presidente Dilma Rousseff começará nas próximas semanas a ajustar seu novo ministério. Já são dados como nomes certos para trabalhar com a presidente a partir de 2 de janeiro os governadores da Bahia, Jaques Wagner (PT), e do Ceará, Cid Gomes (PROS); e o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD). De saída, estão os ministros Edison Lobão (Minas e Energia), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), Marta Suplicy (Cultura).

Segundo interlocutores presidenciais, a ideia do novo ministério é que seja comandado por políticos de estatura, nomes conhecidos da sociedade. O atual governo é integrado por técnicos e pessoas desconhecidas, o que passa uma imagem de que a pasta é irrelevante.

Apesar de o processo de transição estar ainda no começo, já há algumas sinalizações importantes de composição do novo governo. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão que, entre idas e vindas, ocupa o posto desde a gestão Lula, vem mantendo conversas com peemedebistas desde o agravamento das denúncias na Petrobras. Concluiu que perdeu as condições para se manter no cargo a partir de 2015, mas não deve sair agora “defenestrado pela crise”, nas palavras de um peemedebista.

Segundo interlocutores palacianos, pesará nas escolhas de Dilma a lealdade dos candidatos a ministro, e o comprometimento que tiveram com o governo e durante a campanha eleitoral. No topo dos queridinhos de Dilma estão Miguel Rossetto, que deixou o Ministério do Desenvolvimento Agrário no momento mais delicado da eleição para reforçar a campanha, os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Relações Institucionais), além de Wagner, Cid e Kassab.

Wagner é apontado por integrantes do governo como um coringa. Ele poderia assumir a pasta da Indústria e Comércio, Integração Nacional, Relações Institucionais e até a Casa Civil, se Mercadante for remanejado para a Fazenda. Berzoini e Mercadante também têm espaço garantido na próxima gestão, mas ainda em pastas incertas. Em março passado, quando Berzoini aceitou o convite da presidente para a Secretaria de Relações Institucionais, foi combinado que ele ficaria a partir de 2015. Ele pode voltar para a Previdência, cargo que ocupou no governo Lula, ou permanecer onde está. Miguel Rossetto pode ser remanejado para a Secretaria-Geral, cargo hoje de Gilberto Carvalho, que deverá sair do governo.

Presidente do PSD, Kassab é apontado como um importante parceiro do governo e também deve ter vaga na Esplanada. Kassab deixou o DEM, de oposição, para fundar o PSD e abriu mão de ocupar cargos no governo nos últimos anos dizendo que só aceitaria participar em um novo mandato. O partido tem um representante no governo, o ministro Guilherme Afif Domingos (Micro e Pequenas Empresas). Dilma tem boa relação com ele e a ideia do PSD é mantê-lo e ampliar seu espaço com Kassab.

Cid Gomes, por sua vez, é cotado para o Ministério da Educação. Dilma tem admiração pelos resultados de seu governo no Ceará especialmente nesta área e Cid sempre foi aliado do Planalto em questões administrativas e políticas.

Com a pulverização de partidos nanicos na Câmara, que elegeu para 2015 deputados de 28 diferentes partidos, a presidente deve ficar ainda mais dependente do PMDB, que, assim como em 2010, pressionará para aumentar sua participação das atuais cinco pastas e assumir ministérios mais robustos. O ministro Moreira Franco (Aviação Civil) é apontado por integrantes do governo como um peemedebista que será mantido. Ele está cotado para o ministério das Comunicações, ou pode permanecer onde está. Isso depende do destino de Paulo Bernardo, que poderá voltar para o Planejamento, ministério que comandou no governo Lula. A pedido de Renan Calheiros, Vinícius Lages deve ser mantido no Turismo. Ele ganhou o apoio do PMDB por ser especialista na área.

O PMDB brigará para manter ao menos outros dois ministérios: Agricultura e Minas e Energia, mas auxiliares de Dilma afirmam que ela quer a área energética sob seu estrito comando, e para isso, pode nomear um de seus assessores mais leais: Giles Azevedo, que foi secretário de Minas e Metalurgia, chefe de gabinete de Dilma quando ministra da área, e é geólogo de formação. Giles trabalha com a presidente há mais de 20 anos e foi um dos coordenadores das campanhas de 2010 e deste ano. Se não for para o Ministério de Minas e Energia, Giles voltará para a chefia de gabinete de Dilma. A presidente sinalizou que gostaria de levar a senadora Kátia Abreu (PMDB) para o Ministério da Agricultura, mas não será algo pacífico no partido.

— O PT e a presidente Dilma precisarão ter outra postura com o PMDB. Somos governo e construímos com eles a vitória. Não é possível irmos para um novo governo sem que haja uma recomposição desta relação — disse um peemedebista.

Quem pode deixar a Esplanada é o ministro da Previdência, Garibaldi Alves. Ele quase deixou o governo na semana passada por causa das eleições no Rio Grande do Norte. Josué Alencar, filho do ex-vice-presidente José Alencar e presidente da Coteminas é apontado como uma possibilidade para a área da Indústria e Comércio e serviria como uma ponte com o setor produtivo, em rota de colisão com o governo. Ele tem o apoio do PMDB, mas para se tornar ministro, precisa deixar a presidência da empresa.

Outra substituição certa é no Ministério da Cultura. A petista Marta Suplicy deixará o cargo. Ela se manteve distante da campanha à reeleição, foi identificada como uma das líderes do movimento “Volta, Lula”. Um dos nomes para assumir a pasta é Juca Ferreira, que exerceu essa função no governo Lula.

Sarney será ministro da Cultura de Dilma, diz jornalista Helio Fernandes

O jornalista Helio Fernandes informa: ”Noticia que dou com pesar(opinião do Helio,com a qual não compactuo): Lula pediu a Dilma para convidar José Sarney para Ministro da Cultura. Ela já convidou ele aceitou, e acrescentou; “Serei Ministro e ao mesmo tempo presidente da Academia”.
Alguém comentou: “Para presidir a Academia é preciso morar no Rio”. Resposta rápida do senador (ainda) sem constrangimento: “Rui Barbosa presidiu a Academia morando na Bahia”.
A íntegra do que escreveu Fernandes:
PS5- Noticia que dou com pesar: Lula pediu a Dilma para convidar José Sarney para Ministro da Cultura. Ela já convidou ele aceitou, e acrescentou; “Serei Ministro e ao mesmo tempo presidente da Academia”.
PS6- Alguém comentou: “Para presidir a Academia é preciso morar no Rio”. Resposta rápida do senador (ainda) sem constrangimento: “Rui Barbosa presidiu a Academia morando na Bahia”.

Sistema Fiema lança seletivos com 61 vagas para contratação imediata - VAGAS ABERTAS para SESI e SENAI de Bacabal

As inscrições para os cargos de nível médio custam R$ 40 e de nível superior R$ 50 e a remuneração varia de R$ 1.350,12 a R$ 4.404,14, dependendo do cargo pretendido



O Sistema Fiema abriu seletivos com 40 vagas para o Serviço Social da Indústria (SESI) e com 21 vagas para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), sendo 42 oportunidades para profissionais de nível superior e 19 profissionais de ensino médio.

 As inscrições para os cargos de nível médio custam R$ 40 e de nível superior R$ 50 e a remuneração varia de R$ 1.350,12 a R$ 4.404,14, dependendo do cargo pretendido. 
 
As vagas são para contratação imediata para as cidades de São Luís, Imperatriz, Bacabal, Caxias, Açailândia, Pinheiro, Santa Inês e Balsas. As inscrições começaram na segunda-feira (27) e vão até 10 de novembro. Os editais dos dois seletivos ainda preveem vagas para cadastro de reserva, sendo 128 para o SESI e 159 para o SENAI.

No SESI, as oportunidades de nível superior para contratação imediata são para advogado, bibliotecário, psicólogo, engenheiro civil, engenheiro elétrico, engenheiro de segurança, médico do trabalho, analista de relações com mercado, analista de desenvolvimento de redes e suporte, enfermeiro, nutricionista, educador físico, pedagogo, professor de língua inglesa, professor de língua portuguesa, professor de música e professor de educação artística.

Para o nível médio há vagas para profissional de manutenção, motorista, serviços administrativos, suprimentos, técnico em enfermagem e técnico em segurança do trabalho. A vaga para profissional em serviços administrativos é exclusiva para pessoas com deficiência (PcD).

Para o SENAI, as vagas para nível superior são para analista em desenvolvimento de redes e suporte; analista em relações com mercado; instrutor de nível superior em construção civil; instrutor de nível superior em segurança do trabalho; instrutor de nível superior em informática; instrutor de nível superior em metalmecânica; instrutor de nível superior em eletroeletrônica e especialista em pedagogia. 

Para o nível médio, há oportunidades para profissionais de suporte técnico administrativo, instrutor de nível médio em eletricidade; instrutor de nível médio em eletroeletrônica e  instrutor de nível médio em metalmecânica. 

De acordo com os editais, os seletivos serão realizados em três etapas: provas objetivas; provas práticas, didáticas e estudo de caso e entrevista com os candidatos.  A prova objetiva acontecerá em 30 de novembro, que terá 30 questões, sendo 25 de conhecimento específico e 5 de conhecimento em informática.

 A segunda etapa, as provas práticas, didáticas e estudo de caso, estão agendadas para acontecer entre 17 de dezembro e 8 de janeiro de 2015 e as entrevistas com os candidatos vão de 23 de janeiro a 3 de fevereiro. A divulgação do resultado final está previsto para 06 de fevereiro.

Os editais dos seletivos do SESI e do SENAI estão disponíveis no site do Sistema Fiema (www.fiema.com.br) e maiores informações podem ser obtidas no Instituto Euvaldo Lodi (IEL), localizado no 1º andar da Casa da Indústria Albano Franco, sede da Fiema, que fica no Retorno da Cohama, pelo telefone (98) 3212-1894 ou pelo e-mail seletivo@fiema.org.br. 

Chinesa passa uma semana em lanchonete após levar fora

Cada pessoa reage a o fim de um relacionamento de forma diferente, mas alguns exageram na luta para superar a dor de cotovelo. Esse é o caso da chinesa Tan Shen, de 26 anos.
Momentos após de ser dispensada pelo namorado, a mulher entrou em uma lanchonete da rede KFC, em Chengdu, e não saiu por uma semana.
“Eu não planejava ficar lá por muito tempo, só queria comer umas asas de frango. Mas comecei a comer e decidi que precisava de um tempo para pensar”, disse ao Metro. “Não queria voltar ao meu apartamento, pois ele estava cheio de lembranças dele (do ex). Então fiquei”, completou.
Durante a semana em que Shen ficou na lanchonete, comeu apenas asas de frango e batatas fritas.
A chinesa só saiu do estabelecimento após chamar a atenção da imprensa. Ela saiu da cidade e foi passar uma temporada na casa dos pais.
“Sentimos falta dela, ela fazia o nosso trabalho mais interessante”, disse a garçonete Jiang Li Lung.

FÓRUM NACIONAL DOS CONSELHEIROS ESTADUAIS DE CULTURA ELEGE NOVA DIRETORIA NA FESTA NACIONAL DA MÚSICA

               Artistas, músicos e conselheiros de cultura de diferentes estados, estiveram reunidos de 20 a 23 de outubro de 2014, em Canela – RS, na décima edição da Festa Nacional da Música. Durante o evento, considerado o maior encontro da música brasileira, o Fórum Nacional dos Conselheiros Estaduais de Cultura – ConECta realizou mais um encontro, com a participação de representantes do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Maranhão, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Bahia, Acre e Santa Catarina. Na pauta, a aprovação do regimento interno, painel sobre “Os Caminhos da Cultura” e a eleição da nova diretoria para a gestão de 2014 a 2016. Foram eleitos: Presidente, Neidmar Roger Charão Alves (Presidente do Conselho de Estado da Cultura/RS), Vice-presidente, Adalberto Queiroz de Melo (Presidente do Conselho Estadual de Cultura do Acre), Secretária Executiva, Susana Fröhlich (Secretária Geral do CEC/RS), Assessor Especial, Márcio Caires Chaves - Ex Presidente do ConEcta. Como Coordenadores Regionais foram eleitos: Região Centro-Oeste, Tania Mara Arantes Figueira-MT e Região Sudeste, Anibal Macedo.

               O cantor, compositor e conselheiro Emanuel de Jesus representou o Maranhão e foi eleito coordenador da região Nordeste no Fórum dos Conselheiros Estaduais de Cultura – ConECta. Durante sua apresentação musical, o artista homenageou o maranhense João do Vale, fazendo referência ao mês de seu aniversário. Com a posse, o Presidente Neidmar Alves passa a ocupar cadeira no CNPC - Conselho Nacional de Políticas Culturais.
              O painel “Caminhos da Cultura” marcado pelo debate a respeito do ensino da música nas escolas e da construção de uma pedagogia para este ensino, contou com a participação dos músicos Ivan Lins e Robson Miguel, que se dispuseram a participar do grupo de trabalho do ConECta.

domingo, 26 de outubro de 2014

Por que Dilma venceu?


POR Cláudio Cavalcante

Ela venceu porque conseguiu uma ligação forte e precisa, que há muito não se via entre poder e povo. Mesmo estando próxima de tanta corrupção, ter passado por uma copa do mundo com resultado ínfimo para a nação, mensalação e escândalo da Petrobrás, Dilma representa uma continuação daquilo que o pobre mais esperava: “a boa esmola”, talvez, “a sérvia gorjeta mensal”. Dilma uniu a fome de poder com a vontade de comer do povo. Esse mesmo povo, Lula encontrou ainda meio zonzo, advindo de um país procurando um rumo, tal que Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso conseguiram nortear. Deram ao PT um país ainda cheio de pessoas desconfiadas, negativistas, descrentes, principalmente com a estabilização da economia. Quem teria feito mais pelo Brasil: o PSDB ou o PT? A resposta é bem difícil de ser respondida, pois trata-se de um conflito parecido com aqueles encontrados quando procura-se aplicar a lei e esbarra-se nas lacunas das normas.
Dilma venceu porque fizeram o povo acreditar que ela é a única que poderia continuar suprindo a necessidade de fome, de luta pela reconhecimento dos “menores” através das quotas para tudo o quanto for “quotável”. Dilma venceu porque depois da passagem do PSDB pelo poder houve covardia e desunião interna no natural partido de oposição ao PT, perdendo três eleições consecutivas para presidente, todas sem perigo iminente, e agora essa quarta, com um país divido em azul e vermelho. Dilma venceu porque soube colocar na ferida dos adversários os mesmos dedos que colocaram na sua ferida da corrupção. Dilma venceu porque conseguiu transpor a realidade, a mentira e a enrolação para as costas dos seus adversários, que também utilizaram das mesmas artimanhas, deixando o povo maluco, sem saber qual deles estava mentindo mais ou falando a melhor verdade. Dilma venceu porque foi mais esperta e mais competente, pois mesmo com um governo mediano que todos acompanham diuturnamente, conseguiu ser mais forte e contundente do que um ex-governador vindo de Minas, com administração restrita àquele estado. Dilma ganhou porque o povo entendeu que, se a base de uma mudança para Aécio fosse por causa da corrupção desenfreada, ainda seria pouco, pois a corrupção poderia continuar com novos atores e com programas sociais em perigo de esquecimento, pela incansável propaganda petista de que o PSDB governa para ricos.

Dilma venceu porque soube ser apenas gaúcha, menos sendo mineira: dizia o que vinha na cabeça, com gestos parecidos com os de Felipão e livrou-se de sorrisos como aqueles do Aécio, muitas vezes, “marketeirizado” ou forçado, em busca de potencializar uma figura política que talvez foi criada para essa campanha. Dilma venceu porque a política do nosso país é um conchavo de interesses maiores, não compreendidos pela maioria, que vão além das moedas de trocas chamadas de siglas partidárias. Dilma venceu porque houve terrorismo político de ambas as partes, no decorrer da campanha presidencial, onde os ataques absurdos entre os candidatos fizeram o povo optar por aquilo que já conheciam. Dilma venceu para que o PT possa, quem sabe, repensar o modo de governar, e entender que no momento político que vivemos no Brasil, qualquer um pode abalar o seu projeto de poder oligárquico, caso eles não andem pelos trilhos da correção, da retidão. Dilma Venceu porque o PSDB mandou militância pras ruas, “algo nunca antes visto na história desse país”, e acabou por atiçar a já treinada e experiente militância do PT. Dilma venceu... porquê? 

Bacabal dá à Dilma 3 vezes a votação de Aécio - mais de 30 mil votos contra pouco mais de 10


COM QUASE 100% DAS URNAS APURADAS EM TODO O BRASIL - Dilma conquista reeleição


MARANHÃO SEGUE DANDO MAIS DE 78% para Dilma com mais de 95% das urnas apuradas


DILMA NA FRENTE com 95% das urnas apuradas no Brasil


TSE registra 147 prisões eleitorais e a substituição de 2.231 urnas

Aumenta o número de urnas substituídas no país para 2.231, em novo boletim divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) às 14h24 deste domingo (26/10). No levantamento anterior, o dado era de 1.733. As substituições chegam agora a 0,51% do total de 428.894 equipamentos em todas as seções eleitorais do Brasil.

O Rio de Janeiro continua sendo o estado com mais problemas. Lá, 340 máquinas precisaram ser trocadas. Em segundo lugar, São Paulo aparece com 274 equipamentos substituídos e, em terceiro, Rio Grande do Sul com 204. Uma cidade paulista passou a operar com votação manual, ou seja, urnas de lona e cédulas de papel.

O número de prisões subiu para 147, a maior parte também no Rio, com 25. Rio Grande do Norte, que ainda não aparecia no topo das estatísticas, ficou na segunda posição, com 21 pessoas detidas. Nenhum candidato foi preso. No total, a Justiça Eleitoral registrou 395 ocorrências de irregularidades eleitorais

Divulgação de propaganda ainda é o maior problema. No Rio Grande do Norte, 62 casos foram identificados e uma pessoa detida. Já no Rio de Janeiro, sete ocorrências além das registradas no boletim anterior, fazendo com que a unidade da federação alcançasse 28 casos e oito prisões. A boca de urna foi responsável por 65 prisões, 17 delas no Rio Grande do Norte. Em outros 93 casos não houve detenção.

O crime considerado mais grave pela Justiça Eleitoral, a compra de votos, aparece 11 vezes no levantamento. Ninguém foi preso em flagrante por esta corrupção. Quatro denúncias ocorreram na Paraíba, três no Pará. Ceará, Amazonas, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte tiveram uma cada

PF e hospital divulgam nota sobre estado de saúde de Alberto Youssef

O hospital em que o doleiro está internado, em Curitiba, informou que o paciente apresenta um quadro provável de angina instável -- condição grave na qual o coração não é irrigado corretamente com o sangue e que pode levar ao infarto.


A Polícia Federal informou em nota, divulgada neste domingo (26/10), que o doleiro Alberto Youssef passou bem durante a noite e permanecerá internado por 48 horas, sob escolta de agentes. Já o hospital em que o doleiro está internado, em Curitiba, informou que o paciente apresenta um quadro provável de angina instável -- condição grave na qual o coração não é irrigado corretamente com o sangue e que pode levar ao infarto.



O doleiro Alberto Youssef é um dos pivôs do escândalo da Petrobras passou mal e precisou ser levado para um hospital em Curitiba na tarde deste sábado (25). Ele deixou, por volta das 13h, a carceragem da Polícia Federal, no Paraná, onde está preso e deu entrada no Hospital Santa Cruz.

Youssef reclamou de indisposição logo no início da tarde e os policiais entraram em contato com o Samu, solicitando a ida de uma equipe médica ao local. Escoltado por policiais até o hospital, o doleiro seguiu em ambulância até a unidade de saúde.

Segundo primeira nota divulgada pela PF, o doleiro teve uma forte queda de pressão arterial. Esta é a terceira vez que o Youssef precisou de atendimento médico desde que foi preso.

Confira a íntegra das notas:

Polícia Federal:

"A polícia federal informa que Alberto youssef passou bem à noite e permanecerá, em princípio, internado por 48 horas, sob escolta de Policiais Federais. Não havendo nenhuma outra intercorrência, retornará à carceragem da PF da Superintendência de Curitiba."

Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba:

"Às 14h03 do dia 25/10/2014, a Central do Samu regional metropolitano de Curitiba recebeu chamada para realizar atendimento do paciente Alberto Youssef, sendo realizado deslocamento de uma ambulância de suporte avançado de vida para realizar o atendimento e transporte, com escolta policial, até o Hospital Santa Cruz. O atendimento foi finalizado às 16h45.

No momento do atendimento o paciente referiu dor torácica, sendo dois episódios ao repouso, associados a um episódio de síncope. Durante o atendimento encontrou-se consciente, lúcido e orientado, com dados vitais estáveis.

Hipótese diagnóstica: angina instável."

Quem são os interessados na vitória de Dilma e Aécio no Maranhão

A definição das urnas, hoje, será decisiva não só para os rumos do Brasil, mas para o itinerário da política – e de políticos – maranhense. Aliados de Aécio Neves (PSDB) e de Dilma Rousseff (PT) apostam que seus respectivos candidatos farão melhor para o estado, mas também sabem que, com a defesa enérgica da candidatura de um dos presidenciáveis, também há possibilidade de benefícios pessoais. O que os principais aliados dos dois candidatos podem ganhar em caso vitória? O Imparcial faz um levantamento das possibilidades.

Na linha de frente da campanha de Aécio Neves no segundo turno estiveram o vice-governador eleito Carlos Brandão (PSDB), a deputada federal mais bem votada do estado, Eliziane Gama (PPS), o senador eleito, Roberto Rocha (PSB), o seu primeiro suplente, Pinto da Itamaraty e muitos outras lideranças

Para Carlos Brandão, a eleição de Aécio representará a verdadeira mudança. E o governo do Maranhão ganhará em parceria. "Certamente teremos nossas políticas públicas consolidadas porque o governo federal estará antenado com o governo estadual. Os governos federal e estadual serão grandes parceiros e isso influenciará sensivelmente na melhoria da qualidade de vida da população, promovendo a mudança que tanto queremos para o nosso Maranhão. Esta realidade, sabemos, só será possível com o PSDB na presidência da República", destaca o tucano.

Já a deputada Eliziane Gama poderia ser fortalecida na disputa municipal em 2016, isto, claro, se o PSDB não lançar candidatura própria. A parlamentar, reconhecendo a dinâmica da política, acredita que até 2016 muita coisa pode mudar e que o ganho real, no Maranhão, será para oposição. “Digo que a vitória do Aécio fortalece o campo da oposição. Partidos como PPS, PSDB e o Rede de Sustentabilidade ganham ainda mais corpo”, defende Eliziane, que continua: “Cada eleição é uma eleição. O PSDB deve ter seu candidato também em 2016. Hoje estamos focados no resultado das eleições presidenciais”.

Especula-se que o senador Roberto Rocha, que tem levantado veementemente a bandeira do tucano no estado, pode ser um dos mais privilegiados com a eleição de Aécio. A ele poderia ser concedido um Ministério. Na possibilidade do socialista compor o Governo Federal, seu suplente, Pinto Itamaraty, companheiro de Aécio de partido, assumiria o Senado. E o ganho seria duplo.

Aliados de Dilma
Em campos políticos opostos, lideranças do Maranhão deixaram divergências políticas de lado em prol da candidatura de Dilma no segundo turno. O PCdoB, partido do governador eleito, Flávio Dino, e a resistência petista (ala do PT maranhense que não aderiu a aliança PT-PMDB) atearam a bandeira vermelha, assim como parte do PMDB – tendo Gastão Vieira como um dos maiores defensores da Dilma no estado – e o PT maranhense. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) e a governadora Roseana Sarney (PMDB), que também tem lá suas diferenças políticas, apóiam a reeleição da presidenta.

Ainda que Flávio tenha optado pela neutralidade, seu partido teve lado no segundo turno. Em nota, assinada pelo presidente estadual do partido, Márcio Jerry, a sigla conclama a militância para trabalhar pela reeleição de Dilma, para que seja assegurado um novo ciclo de desenvolvimento no país, com mais emprego, educação de qualidade, saúde pública e distribuição de renda.

No material, fica claro que, para o PCdoB, a vitória de Dilma beneficiaria o governo de Flávio, que tem afinidade política e ideológica com a gestão realizada pelo PT nos último 12 anos. “As votações consagradoras de Flávio Dino para o governo e Dilma para a presidência no primeiro turno do Maranhão confirmam que essa é a aliança que o povo escolheu para empreender as mudanças que o nosso estado tanto precisa”, aponta, na nota, Jerry.

O presidente estadual do PT, Raimundo Monteiro, acredita que a vitória de Dilma irá fortalecer a agremiação. “O objetivo maior é o PT. Na hora é que é preciso ser PT, as pessoas esquecem as diferenças”, aponta Monteiro.

A aposta dos bastidores políticos é que a vitória de Dilma fortalecerá realmente a Resistência Petista. Aliada do governador Flávio Dino, a ala do partido terá livre trânsito nas instâncias federal e estadual, diferente do que vem ocorrendo nos últimos anos, quando esta militância tem diálogo em Brasília, mas faz oposição ao atual Governo Maranhense.

Do PMDB, o ex-ministro do Governo Dilma e candidato derrotado ao Senado, Gastão Vieira, é o que goza de maior privilégio com a presidente, que, inclusive, gravou depoimentos de apoio durante a corrida ao Senado. Sem engajamento em coordenações de campanha, mas trabalhando individual e espontaneamente pela reeleição de Dilma, Gastão diz ainda não ter pretensões nesse Governo, mas, recebendo o convite irá avaliar a possibilidade. “O que eu posso vislumbrar é o carinho que ela demonstrou, durante campanha, ter por mim. Não trabalho com a possibilidade de ocupar um cargo. E se a presidente Dilma me oferecer um cargo que me dê visibilidade política, vou contribuir em Brasília”, explica o ex-ministro.

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior e a governadora Roseana Sarney também apóiam a reeleição de Dilma. Edivaldo, tendo no Governo Federal o único parceiro – já que não convênios assinados com a instância estadual – torce pela continuidade da parceria. “Nós (São Luís) temos tido a parceria efetiva do Governo Federal nesses últimos anos, principalmente no nosso mandato. Muitas unidades de saúde tem sido reformadas com ajuda do Governo Federal: Socorrão I, Socorrão II, Hospital da Criança, na ampliação e reforma”, relatou Edivaldo a equipe de O Imparcial.

Já Roseana, acredita-se que, sem mandato a partir de 2015, também pode estar contando com o apoio da presidente para dar continuidade a carreira política, de Brasília

Eleitores ignoram proibições e voltam a postar selfies em urnas

Mesmo sendo considerado crime com pena de até dois anos e multa de cerca de R$ 16 mil, brasileiros repetiram o erro e já fazem selfie no segundo turno das eleições 2014.

O primeiro seria de um mesário de Amazonas. O rapaz postou uma imagem no Instagram, na manhã deste domingo (26), ao lado da urna. No primeiro turno, ele fez o registro com o crachá do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), indicando que ele foi mesário.

sábado, 25 de outubro de 2014

Bacabal, uma cidade remosa - MAIS UM CRIME DE EXECUÇÃO NO CENTRO DA CIDADE, EM MENOS DE 24 HORAS

     O crime ocorreu nas proximidades da AABB. José Conceição de Matos, 36 anos, conhecido como "Suel do Setúbal", foi morto com tiros na cabeça. Na sexta, já havia ocorrido crime de execução na rodoviária, quando dois acabaram mortos.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Ao contrário do IBOBE e DATAFOLHA, pesquisa Sensus diz que Aécio abre vantagem de 9 pontos sobre Dilma

Pesquisa Sensus que será divulgada nesta sexta-feira (24) pela revista IstoÉ mostra, ao contrário das pesquisas Ibope e Datafolha divulgadas ontem (23), liderança do candidato tucano Aécio Neves, com 54,6% das intenções de votos nos últimos dias do segundo turno da eleição presidencial. Dilma Rousseff, candidata do PT à reeleição, aparece com 45,4%. O Sensus foi o único instituto a apontar, na véspera do 1º turno, que Aécio passaria ao 2º turno, e não Marina Silva (PSB).
A pesquisa também constatou que a dois dias das eleições 11,9% do eleitorado ainda está indeciso. “Como no primeiro turno, deverá haver uma grande movimentação do eleitor no próprio dia da votação”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Se for considerado o número total de votos, Aécio tem 48,1% e Dilma,  40%.
O  Sensus foi o único instituto de pesquisa a acertar o resultado do primeiro turno, que levou o candidato do PSDB à disputa do próximo domingo (26).
Pesquisa espontânea e rejeição
Na votação espontânea, quando nenhum nome é apresentado para o entrevistado, Aécio também está à frente de Dilma: o candidato do PSDB é  citado por 47,8% dos eleitores e a petista por 39,4%. Indecisos e votos em branco são 12,8% e 0,2% ainda citaram outros nomes.
O índice de rejeição à candidatura de Dilma Rousseff é elevado: 44,2% dos eleitores afirmaram que não votariam na presidenta de forma alguma. A rejeição contra o tucano Aécio Neves é de 33,7%. Segundo o diretor do Sensus, Ricardo Guedes, explicou à IstoÉ, quanto maior o índice de rejeição, menor a probabilidade de crescimento do candidato.
Últimos levantamentos
No último levantamento Sensus, na sexta (17), o candidato PSDB tinha 56,4% dos votos válidos, contra 43,6% da atual presidente. No dia 11, a vantagem do candidato tucano era maior: 58,8% contra 41,2%, segundo o Instituto Sensus.
A margem de erro da pesquisa Sensus é de 2,2 pontos percentuais. O Sensus ouviu 2.000 eleitores em 136 municípios, entre terça e esta sexta-feira (24). O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral como BR-01166/2014.

10 Comunidades Quilombolas são contempladas com cestas de alimentos‏

             A distribuição de alimentos que iniciou esta semana nas regiões quilombolas de Bacabal corresponde a quarta etapa de doações efetuadas pela CONAB Companhia Nacional de Abastecimento. São ao todo18 toneladas de produtos de primeira necessidade que neste primeiro momento 6. 952 pessoas serão beneficiadas em 10 comunidades: Centro do Adelino, Piratininga, Guaraciaba, Sincorá, Catucá, Campo Redondo, São Sebastião dos Pretos, Bom Principio 2 , Santo Antonio e Santa Maria. A distribuição das cestas Básicas só foi possível graças a parceria com o Governo Municipal que legalizou todas as comunidades que desde 2009 estavam impossibilitadas de receber tais benefícios devido ao descaso do governo anterior junto às comunidades.

As Secretarias de Desenvolvimento, Emprego e Renda e a Secretaria de Assistência Social foram as responsáveis pelo mapeamento  e elaboração de cadastros junto aos contemplados do Bolso Família público alvo do programa.
Cada uma das Cestas de Alimentos que começaram a ser entregues nesta terça-feira, pesa 19kg e contem: Arroz, Feijão, Farinha, Macarrão, Óleo, Café, Açúcar e outros itens.

VIROU ROTINA - novo assalto nos correios de São Luis Gonzaga nesse momento

Informações: Walry Oliveira

Nesse momento polícia ainda busca por assaltantes da agência dos correios. População em pânico assiste a tudo. Veja as fotos:







segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Mais de 6 mil PMs reforçarão a segurança no 2º turno das eleições no Maranhão

Policiais militares vão ser remanejados para todo o estado para a segurança na eleição de domingo (20). Em todo o Maranhão, 6,7 mil militares vão trabalhar no período eleitoral. Mais de 2 mil concentrados na capital.
Ao todo, 916 militares vão ser remanejados para reforçar a segurança neste segundo turno das eleições, em 198 cidades maranhenses. Na próxima quinta-feira, 463 PM's que atuam na região metropolitana vão partir em direção a esses municípios. Outros 453 que atuam no interior também serão deslocados.

De acodo com o comando geral da PM, no primeiro turno das eleições, 38 ocorrências foram registradas em todo o estado. A PM espera tranquilidade ainda maior no próximo fim de semana, já que as disputas nas urnas se reduziram a somente um cargo - o de presidente. Crimes eleitorais, como compra de votos e transporte irregular de eleitores, devem ser bem menos frequentes.
Ainda segundo a polícia, o contingente redirecionado nas eleições não afeta o policiamento nas ruas, no combate a outros crimes. "O policiamento da capital permanece inalterado. O reforço que se desloca da região metropolitana é o pessoal da administração, de férias e de licença-prêmio", afirmou o coronel Andrade, do Planejamento e Execução da PM-MA.

TSE corta tempo de propaganda de Aécio na TV e de Dilma no rádio

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu neste domingo (19) reduzir o tempo de propaganda eleitoral gratuita do candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, e da candidata do PT, Dilma Rousseff, em punição por terem utilizado o horário eleitoral gratuito para fazer "ataques" um ao outro.

A decisão é motivada por uma mudança de entendimento do TSE. Na semana passada, o tribunal estabeleceu que o programa eleitoral em cadeia de rádio e TV deve ser utilizado para debater ideias e apresentar propostas.
Em liminar (decisão provisória) assinada neste domingo (19), Admar Gonzaga mandou cortar 2 minutos e 30 segundos no próximo bloco de inserções televisivas da coligação de Aécio Neves.
De acordo com o ministro, as inserções (propagandas curtas ao longo da programação das TVs) veiculadas pela campanha do tucano no dia 18 de outubro atribuem a Dilma Rousseff a prática de "condutas ilícitas". A peça publicitária fala das denúncias de corrupção na Petrobras e questiona a conduta da presidente no episódio.
"Por que a Dilma não explica o motivo de não ter feito nada contra a corrupção da Petrobras? Dilma, o Brasil quer saber a verdade", diz a narradora. Para Admar Gonzaga, a propaganda não se adequa à nova jurisprudência do Supremo, de que o horário gratuito não pode ser usado para ataques ao adversário.

"À luz dos novos parâmetros hermenêuticos, entendo que a propaganda eleitoral combatida apresenta excessos ao imputar condutas imorais e ilícitas aos representados, de forma a macular a imagem destes perante o eleitorado", diz o ministro, que também determinou a suspensão da propaganda.
Admar Gonzaga também determinou a perda de 36 segundos no bloco da manhã (7h) e outros 36 no da tarde (12h) no próximo horário de rádio reservado à coligação Com a Força do Povo, da candidata à reeleição Dilma Rousseff.

Nesta segunda, Gonzaga decidiu cortar mais quatro minutos do tempo de Dilma na TV por "atacar" Aécio em quatro inserções no dia 18 de outubro. O vídeo afirmava que ele teria “dificuldade em respeitar as mulheres”.
A decisão de cortar tempo do rádio, de domingo, foi motivada por uma propaganda transmitida no dia 19 de outubro que faz paródia com a música "Oh, Minas Gerais", trazendo a seguinte montagem: “Oh, Minas Gerais, oh, Minas Gerais, quem conhece Aécio não vota jamais".

De acordo com Admar Gonzaga, a peça publicitária não atende ao entendimento do TSE de que as propagandas gratuitas precisam ser propositivas.
"Ainda que a propaganda não utilize expressões grosseiras, foi elaborada num tom jocoso, com o claro propósito de enfuscar a imagem do primeiro representante. Destoa ela, portanto, da novel orientação desta eg. Corte", afirmou o ministro na decisão.

Projeções
Admar Gonzaga determinou ainda a suspensão de uma propaganda contrária a Aécio Neves projetada no prédio do Conjunto Nacional, na capital paulista. A projeção de imagens mostra a foto de Aécio Neves com as frases "E advinha só quem é réu pelo desvio de 4,3 bilhões da Saúde de Minas Gerais? Do jeito que ele fala de Minas Gerais até parece que os mineiros lá gostam dele".

Além de suspender a propaganda, Gonzaga determinou ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) que apure a existência de outros projetores de outdoors eletrônicos que estejam sendo utilizados para publicidade eleitoral.

Conforme o ministro, a utilização da fachada de prédios, bens públicos e particulares, para a projeção de propagandas eleitorais, em tamanho superior a quatro metros quadrados, "além de aparentemente violar a legislação eleitoral, atenta contra o equilíbrio e a igualdade entre candidatos na disputa eleitoral".

domingo, 19 de outubro de 2014

HOJE - GIRO PELOS MUNICÍPIOS

Prefeitura inicia a implantação de sinalizações em Lago Verde-MA
               
Após a pavimentação asfáltica várias ruas da cidade, o prefeito Raimundo Almeida iniciou, nesta semana, o projeto de sinalização por todo o município. Serão colocadas mais de 200 placas indicativas, educativas, de regulamentação e de advertência. As placas terão o objetivo de orientar os pedestres, ciclistas, motociclistas, motoristas e turistas e reorganizar a cidade, em detrimento ao trânsito.
                A sinalização estática também será reforçada com pintura de faixas de circulação e de pedestres, com o claro objetivo de facilitar o deslocamento de pessoas e veículos na área urbana. O Prefeito Raimundo Almeida (PP), diz que o trabalho da administração vem acontecendo por toda a cidade e já vem refletindo positivamente na vida da população. "Com o asfaltamento e agora com essas sinalizações, damos mais um passo para modernizar a cidade. Vias bem sinalizadas dão segurança e tranquilidade a todos que circulam por nossas ruas e avenidas, Afirmou o prefeito.





Junco do Maranhão é o município campeão nacional do Bolsa Família

Dos 20 municípios que mais dependem do Bolsa Família, seis são maranhenses e Junco do Maranhão, com 90,6% de cobertura da população, é o campeão nacional.
O prefeito Aldir Cunha Rodrigues (PR) briga na Justiça para que o número da população seja alterado. Se a justiça concordar, Junco do Maranhão perderia sua posição nesse ranking.
De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município tem 919 famílias cadastradas, o que representa 3 mil 308 pessoas beneficiadas, já que a média usada pelo MDS são 3,6 pessoas por família. Já a população total estimada pelo IBGE é de 3.653 pessoas.
O prefeito contesta os números e afirma que a população jucoense é, na verdade, maior do que a oficial. Segundo ele, há uma indefinição sobre os limites do município e, durante o Censo de 2010, quatro povoados de Junco do Maranhão foram integrados a Maracaçumé e Boa Vista do Gurupi, o que teria provocado uma redução repentina de cerca de 4.000 habitantes, mas não houve mudança no cadastro do Bolsa Família. Na prática, segundo o prefeito, esses moradores continuam usando os serviços públicos da Prefeitura de Junco do Maranhão.
Quatro das dez escolas municipais, por exemplo, estão nos povoados integrados aos municípios vizinhos, mas são mantidas com recursos de Junco do Maranhão, segundo o prefeito. Desde a mudança, a prefeitura contesta os números na Justiça e se diz prejudicada, já que o repasse de recursos do governo federal é calculado com base na população.
Sem nenhuma indústria e com economia baseada na agricultura familiar e na pecuária, a cidade tem hoje 95% da receita oriunda de repasses federais.
Ranking dos 20 municípios
1. Junco do Maranhão (MA): 90,6%
2. Sebastião Barros (PI): 86,9%
3. Belo Monte (AL): 83,6%
4. Alcântara (MA): 83,3%
5. Pavussu (PI): 82,7%
6. Serrano do Maranhão (MA): 82,5%
7. Vera Mendes (PI): 82%
8. Brejo do Piauí (PI): 80,6%
9. Calumbi (PE): 80,3%
10. Severiano Melo (RN): 79,3%
11. Palmeirândia (MA): 78,7%
12. São João Batista (MA): 78,7%
13. Matinha (MA): 78,7%
14. Lagoa do Sítio (PI): 78,6%
15. Paquetá (PI): 78,5%
16. Capitão Gervásio Oliveira (PI): 78,3%
17. Sigefredo Pacheco (PI): 77,6%
18. São Lourenço do Piauí (PI): 77,6%
19. Pedro Laurentino (PI): 77,5%
20. Flores do Piauí (PI): 76,5%





LAGO AÇU -  Ex Vereador José Wilson tem prestação de contas reprovada pelo TCE/MA

Em sessão plenária realizada nesta quarta-feira (15), o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) julgou irregulares as prestações de contas de vários vereadores que ocuparam, ou ainda estão ocupando, cargos de presidentes de Câmaras Municipais.

Dentre elas do ex-vereador José Wilson de Oliveira, na condição de presidente da Câmara Municipal de Conceição do Lago Açu; ele teve julgadas irregulares as prestações de contas do exercício financeiro de 2009, tendo sido condenado ao pagamento de multa no valor de R$ 18 mil.

As condenações, sobre as quais cabem recursos, tiveram parecer favorável do Ministério Público de Contas. No entanto, o julgamento mantém José Wilson na condição de inelegibilidade.



SÃO LUIS GONZAGA DO MARANHÃO - Prefeitura inicia asfaltamento do Bairro Nova São Luis Gonzaga

              Como é de praxe no Brasil, pouco se espera das promessas dos políticos assim que passada a campanha eleitoral. Como é de praxe na democracia vigente no país, em São Luis Gonzaga há o grupo de adeptos à atual administração, bem como aqueles que apoiam os atos do poder. Os que parecem torcer contra qualquer ato do prefeito até agora parece não acreditar que, mesmo depois de uma eleição frustada para o candidato ao governo do estado que o grupo apoiava, os trabalhos de asfaltamento do Bairro Nova Bacabal iniciaram poucos dias após passado o processo eleitoral.
             As ruas foram abertas e preparadas no decorrer da eleição e agora começam a ganhar novo aspecto. O prefeito Dr. Emanoel Carvalho disse que a obra é para a cidade e não para figurar como "eleitoreira", por isso a continuação dos trabalhos tal qual planejado anteriormente e são visões como esta que aproximam os gestores das prioridades municipais. Vejam:










BOM LUGAR - Jovens de Bom Lugar tem festa competitiva em projeto com o tema desenvolvendo criatividades


       O Prefeito Sérgio Miranda da grande apoio ao Projovem (Programa Nacional de Inclusão de Jovens.) e disponibilizou local naturalmente amplo a térmico e aconchegante para os mesmos.
       Onde na manhã deste sábado(18) os jovens realizaram a festa para a conclusão de mais um trabalho importante do projeto, com o tema desenvolvendo criatividades e o lema a utilização do celular. Toda a turma foi dividida em grupos de equipes, dos povoados Matinha, Olho d’água dos Mirandas, Porção Cumprido e Sede Bom Lugar para com apresentações competitivas de suas criatividades, entre danças, paródias, dramatização e desfile.
        O Prefeito Sérgio Miranda esteve no local por alguns minutos prestigiando o evento, e acompanhando todo o trabalho todo o tempo a Primeira dama do Município Eunice Jansen. Na organização a coordenadora do PROJOVEM Cirlene Silva apresentadora do evento, Secretária de assistência Social Rosinha e todo membro do CRAZ (Centro de Referência da Assistência Social) como uma dos jurados a secretária de Cultura Ademir Costa.
Todos os jovens realizaram um ótimo trabalho de apresentações e deram bons exemplos sobre os benefícios e o perigo na tecnologia com relação a utilização do celular nas escolas e relacionamento amorosos e demais males causados pela indevida utilização e o excesso de uso em relacionamento através do mesmo.
        A equipe do povoado Porção Cumprido de acordo com as avaliações dos jurados  ficou com o título de Garoto e da Garota PROJOVEM 2014. E equipe da Sede Bom Lugar com o título de vencedora do evento. A todos parabém !

POR: Josemar Rodrigues.



PIO XII - Sebrae reúne empreendedores em palestra motivacional



                   Empreendedores e proprietários de negócios do ramo do comércio de Pio XII, na região Central do Maranhão, participaram de palestra motivacional promovida pelo Sebrae nesta terça-feira (14), que aposta na capacitação e preparação dos empreendedores do setor. A ação integra o projeto Comércio Varejista, desenvolvido pelo Sebrae através de sua unidade regional em Santa Inês, que atende ao município.
                  O consultor do Sebrae Mury Campos proferiu palestra show que apresentou com noções de empreendedorismo, motivação e incentivo para quem pretende ter sucesso no mercado de trabalho. “Aqui estamos falando de um assunto sério, de forma descontraída e bem humorada. Com esta mensagem, queremos elevar a autoestima dos empreendedores locais e contribuir com o crescimento profissional de cada um deles”, afirmou Campos.
Além da realização da palestra, as ações em Pio XII incluíram uma mobilização de técnicos e consultores do Sebrae, além dos Agentes de Desenvolvimento Local da cidade, no intuito de prestar orientações sobre a formalização de pequenos negócios.
                  O plano de ação da unidade do Sebrae em Santa Inês visa o desenvolvimento dos municipios através do fomento ao empreendedorismo e da sustentabilidade dos pequenos negocios. O trabalho tem sido realizado em seis cidades e ainda esta semana, as palestras e consultorias seguem em Pio XII, Santa Luzia e Alto Alegre do Pindaré. Na próxima semana, o trabalho será realizado em Arari, Viana e Vitória do Mearim.
                  Em Pio XII, o Sebrae tem como parceiros a prefeitura e a Associação Comercial, que esteve representata pelo presidente, Antonio Carvalho, que destacou a reestruturação da entidade e o apoio do Sebra no processo. “Os cursos e treinamentos são bem vindos para despertar, em nossos empresários, o espírito empreeendedor, além de deixá-los motivados para contribuir com o fortalecimento da nossa insituição e seus negócios”, avaliou Carvalho.
                 O Sebrae informa que o primeiro curso em Pio XII voltado para o público do projeto Comércio Varejista será de Técnicas de Vendas, previsto para acontecer no perido de 03 a 07 de novembro. “As inscrições começam no próximo dia 20 e a perspectiva é de uma boa participação e muito proveito, pois os empreendedores de Pio XII se mostraram receptivos e motivados com as nossas ações”, ponderou o gerente da regional do Sebrae em Santa Inês, Aluízio Muniz.