quinta-feira, 7 de março de 2013

ELES Morreram só, sem ter ninguém por perto para ajudá-los. A droga, lícita ou ilícita, esteve sempre por perto como a única companheira nessa hora cruel




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!