sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Justiça da Bolívia libera corintianos presos no país

        Após mais de seis meses, a prisão dos torcedores corintianos na Bolívia está chegando ao fim. Nesta sexta-feira (2), a justiça boliviana anunciou que os últimos cinco acusados da morte do garoto Kevin Espada, que ainda estavam presos, serão liberados para voltar ao Brasil. A volta dos últimos detidos deverá acontecer neste sábado (3), após serem negados recursos tanto do San José, time boliviano que jogava contra o Corinthians no dia da tragédia, como da família de Kevin.
       O caso começou após o gol do Corinthians contra o San Jose, em partida válida pela primeira rodada da Libertadores deste ano. Um foguete teria sido disparado da torcida corintiana e atingido a cabeça de Kevin que não resistiu aos ferimentos. Após o fim do jogo, 12 torcedores foram detidos e acusados de homicídio do garoto. Sete deles já haviam sido liberados pela justiça boliviana e voltaram para o Brasil, enquanto os outros permaneceram na cadeia até o dia de hoje. 
      Os torcedores agora aguardam a realização dos últimos trâmites na Bolívia para liberá-los para o retorno à capital paulista.

Fonte: www.r7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!