sábado, 28 de setembro de 2013

Abertura da 7ª Feira do Livro de São Luís reúne grande público na Praia Grande

                O presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Francisco Gonçalves, abriu a 7ª edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS), na noite desta sexta-feira (27), no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, naPraia Grande, prestando uma homenagem ao poeta Nauro Machado. Ele representou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior na solenidade.

“Declaro aberta a 7ª Feira do Livro de São Luís com tema “Livro, leitura e tecnologia”, meu cabo de guerra”, disse Gonçalves. A solenidade de abertura teve início com uma intervenção teatral do ator Gilson César que encerrou o ato declamando um poema do patrono da 7ª FeliS, o poeta Nauro Machado.

Personalidades do universo literário, acadêmicos, políticos, estudantes e pessoas da comunidade prestigiaram a abertura da 7ª FeliS, evento realizado pela Prefeitura de São Luís, que se prolonga até o dia 6 de outubro, sempre no horário das 10h às 22h. Serão mais de 100 lançamentos de livros, número superior de escritores reunidos em diversos eventos nos quais a feira se subdivida no novo espaço. A programação conta ainda com rodas de conversa, palestras, recitais, peças teatrais, shows musicais, atividades voltadas para o público infantil, entre outros.

O patrono da 7ª FeliS, poeta Nauro Machado, foi calorosamente aplaudido pelo público presente. Participaram da solenidade o presidente da Embratur, Flávio Dino; a secretária de Estado da Cultura, Olga Simão, o secretário de Educação do município, Allan Kardec Duailibe; e do Estado, Pedro Fernandes; os deputados estaduais Rubens Pereira Júnior (PCdoB) e Bira do Pindaré (PT); Zelinda Lima, também homenageada da Feira, dentre outras autoridades do universo literário e acadêmico.
“Trago a mensagem da presidenta Dilma e da ministra da Cultura, Marta Suplicy, que acredita na parceria entre as três esferas de governo, federal, estado e município, integrados no Sistema Nacional de Cultura. É exatamente em nome dessa visão que Empresa Brasileira de Turismo, a qual eu dirijo no governo federal é copatrocinadora da Feira do Livro de São Luís”, disse Flávio Dino.

É a primeira vez que a feira é realizada na Praia Grande. A mudança de endereço da Feira do Livro de São Luís na sétima edição é uma modificação também na forma de realizar o evento entranhado no calendário cultural da cidade. “A ideia é gradativamente ir mudando a forma para que a Feira do Livro de São Luís seja colada à imagem da cidade, com o patrimônio artístico e arquitetônico e ao mesmo tempo em que acompanhe as mudanças tecnológicas que hoje modificam a forma de leitura”, enfatizou o presidente Francisco Gonçalves.

A homenagem a Nauro Machado, para o presidente da Func, tem uma simbologia forte por ser o poeta um exemplar da alma de São Luís. O número de autores maranhenses presentes na 7ª FeliS é visto como significativo pelo professor Francisco Gonçalves. “A novidade desta feira é que ela procura reforçar a presença de autores nacionais e também de autores internacionais. Essa é uma tendência que queremos reforçar. Acreditamos que desta forma se amplia a política de leitura, exatamente pelo intercâmbio entre autores respeitáveis de diferentes gêneros e diferentes experiências”, observou o presidente.

7ª FELIS

A Feira do Livro de São Luís é realizada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func) e da Secretaria Municipal de Educação (Semed), correalizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc/MA), e tem o patrocínio da Vale e o apoio da Associação dos Livreiros do Estado do Maranhão (Alem), da Secretaria de Estado da Cultura (Secma) e da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur). A programação completa do evento está disponível na página principal do Portal da Prefeitura (www.saoluis.ma.gov.br).

Fonte: www.oimparcial.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!