quinta-feira, 10 de outubro de 2013

São Luis vive clima de muita tensão nesse fim de tarde - Helicópteros da polícia vasculham a capital

         
Helicóptero sobre o bairro Chácara Brasil

         Na capital São Luis, há um clima de insegurança e medo. Desde ontem, quando facções estiveram em combate no Presídio de Pedrinhas, tendo como resultado a morte de 10 detentos e vários feridos, a cidade foi tomada por muito tumulto após protestos, em virtude desses acontecimentos no presídio. Ônibus foram queimados e vários outros focos de vandalismos foram vistos pela cidade. Os moradores da ilha reproduzem que há o Bonde do 40 e PCM, que prometeram vingar as mortes dos comparsas, mortos em Pedrinhas, bem como pedem a liberação daqueles que foram presos. O Bonde do 40 (essa denominação por utilizarem armas ponto 40) é umas das duas facções que controlam o crime organizado e tráfico de drogas em São Luis. Há informações de que estas duas facções (Ponto 40 e PCM) estariam em guerra pelo comando até mesmo dentro do próprio Presídio.


Portões do Supermercado Mateus (Av. Rei de França) foram fechados
    Nesse momento, estive próximo a Avenida Rei de França e a  dos Holandeses. Aqui, o comércio, que costuma ficar até tarde de portas abertas, começa a baixar suas portas num grande clima de tensão que se instalou. Há informações que em uma faculdade local havia acontecido arrastão. Aqui na avenida Rei de França, há uma grande quantidade de comércio fechados e até a rede de supermercados Mateus ordenou que os portões de acesso para clientes também fiquem interditados. Nos bairros mais afastados do centro, as paradas de ônibus estão com número reduzido de pessoas a espera de coletivos. Há vários helicópteros sobrevoando os bairros a procura de foco de vandalismo ou qualquer outra ação de criminosos. A segurança aqui está abalada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!