quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

OPERAÇÃO CONJUNTA DAS POLICIAIS MILITAR E CIVIL PRENDE QUADRILHA DE ESTELIONATÁRIOS QUE AGIA NOS ESTADOS DO MARANHÃO E PIAUIÍ

                          Uma operação conjunta da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), 16ª DRP (Delegacia de Regional de Polícia Civil de Bacabal e do comando do 15º Batalhão de Polícia Militar de Bacabal, prendeu na tarde do último dia 11, por volta das 16h50min, na Avenida João Alberto de Sousa, EDUARDO GOMES DA SILVA, 35 anos, residente na Vila Coelho  Dias, condutor do Golf, branco de placas OJK 4791; CRISTIANO LIMA ALMEIDA, 25 anos, residente no Bairro Almiro Paiva, que conduzia  uma Parati de placas NNH 7619, que transportava na ocasião alguns idosos;  JAIME JÚNIOR OLIVEIRA SANTOS, 22 anos, residente no centro de Bacabal e THAMIRES GOMES DA CONCEIÇÃO, 19 anos, que captava contas bancárias para depósitos do dinheiro do bando, residente no Parque Manoel Lacerda e namorada de EDUARDO. Os mesmos são acusados de Falsificação de documentos, formação de quadrilha, estelionato,  falsificação de documentos públicos, dentre outras modalidades de crime.

                                 Com os mesmos a polícia encontrou 06 (seis) jogos XBOX piratas; 10 (dez) celulares; 10 (dez) HD’s; várias procurações; documentos de pessoas; carteiras de identidade falsificadas; R$ 3.248,75 (três mil duzentos e quarenta e oito reais e setenta e cinco centavos); 02(duas) CPU’s; cartões  de banco e benefícios.
A quadrilha agia basicamente com precatórias, especializada em aplicar golpes para receber ilegalmente o pagamento a pessoas que ganhavam questões na Justiça, contra a União, Estado e municípios. Como estas informações são divulgadas em diários, jornais e outros meios de comunicação de massa, os integrantes se apossavam de informações privilegiadas como nome, endereço e documentos e daí em diante, recrutavam uma pessoa, em especial  de pouco conhecimento  e usavam a imagens destas com os dados reais da pessoa legítima proprietária da causa.  Os membros falsificavam toda a documentação, instruíam estas pessoas e levavam até a agencia bancária e sacavam a quantia. Quando a pessoa tomava conhecimento da causa e se dirigiam aos bancos as quantias já havia sido sacadas. Segundo a polícia as pessoas detidas sabiam do golpe e recebiam em torno de R$ 200 a 400 reais, ficando o restante com o bando. As autoridades também não descartam a participação de funcionários de bancos na trama. Também são acusados de fazerem empréstimos em nome de aposentados e pensionistas.
                                        O golpe começou a ser descoberto quando foi preso na cidade de Pinheiro – MA, IZAEL DE SÁ LOPES, que também faz parte da quadrilha.  Com informações privilegiadas a polícia chegou aos quatro integrantes presos na cidade de Bacabal. No momento da prisão os mesmos vinham da cidade de Pinheiro, onde, provavelmente, teriam sacado alguma quantia em dinheiro. Após detidos a polícia fez buscas na casa de todos os acusados no intuito de colher provas contra os mesmos. Na busca realizada Ana casa de HÉLIO GOMES DA SILVA, irmão de EDUARDO, a polícia encontrou todo o aparato de HD’s, computadores  e outros eletroeletrônicos. HÉLIO era o responsável por toda a documentação falsificada que utilizam para a aplicação do golpe. A quadrilha além da cidade de Bacabal, também atuava nas cidades de Caxias, Timon, Pinheiro e parte da baixada maranhense e também no Estado do Piauí.
                                             As investigações começaram há aproxidamente dez dias, quando foi preso em Bacabal, Wanderson Cley Alves Lima. Com o mesmo a policia encontrou 02 (duas) folhas de RG’s em branco roubadas do Shopping Cidadão no último dia 30 de novembro, quando dois indivíduos armados com revólver e usando uma motocicleta invadiram o estabelecimento e roubaram 242 (duzentas e quarenta e duas folhas).  A polícia acredita na participação de mais pessoas que poderão ser presas a qualquer momento. As investigações continuarão. Participaram da operação o Delegado Paulo Roberto Carvalho e Agentes Clésio Santos Silva, Marcos Aurélio Brito, José de Ribamar Sá Marques e Kell Araújo Nunes (SEIC); Carlos Alessandro, Delegado Regional da 16ª DRP/Bacabal e sua equipe e Tenente-coronel Egídio Amaral, comandante do 15º BPM e mais Sargento Portela, Subtenente Araújo, Cabo Izídio e Soldados Mádson e Diego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!