segunda-feira, 31 de março de 2014

Prefeitura de Bacabal em parceria com o governo do Maranhão realiza mutirão para diagnóstico e tratamento do glaucoma

                A  Prefeitura de Bacabal em parceria com o governo do Maranhão realizou durante todo o sábado o mutirão para diagnóstico e tratamento do glaucoma. Uma doença ocular que provoca danos no nervo óptico que carrega informações visuais do olho até o cérebro.
Em muitos casos, os danos ao nervo óptico resultam de um aumento da pressão ocular, também conhecida como pressão intraocular.
O glaucoma é a segunda maior causa de cegueira em países desenvolvidos como os Estados Unidos. Existem quatro tipos principais de glaucoma:
  • Glaucoma de ângulo aberto (crônico)
  • Glaucoma de ângulo fechado (agudo)
  • Glaucoma congênito
  • Glaucoma secundário
O glaucoma de ângulo aberto (crônico) é o tipo mais comum de glaucoma.
 Um aumento na pressão ocular se desenvolve lentamente com o passar do tempo. A pressão empurra o nervo óptico e a retina para trás do olho. O glaucoma de ângulo aberto tende a ser hereditário. Os riscos à predisposição aumentam caso haja um pai ou avó com este tipo de glaucoma. Afrodescendentes têm maior predisposição para a doença.
O atendimento coletivo foi realizado no Centro de Especialidades Doutor Coelho Dias durante todo o sábado e alcançou cerca de 1000 pacientes que foram diagnosticados com a doença ou portadores de catarata. Esta é a terceira vez que o Mutirão do Glaucoma é realizado na atual administração.
A aposentada Eva Menezes foi submetida a uma intervenção cirúrgica em um dos olhos no mutirão anterior e retornou para examinar o outro olho para saber se haverá a necessidade de passar por outra cirurgia.
“Operei de um dos olhos e voltei a enxergar e agora vim saber se vai ser preciso operar o outro. Se for eu vou fazer a operação, pois os médicos são maravilhosos” disse ela com ar de felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!