sexta-feira, 25 de abril de 2014

Na matéria “Os passos errados de Flávio Dino”, do Blog do Marco Aurélio Deça, só faltou lembrar que quem está com o poder de barganha para produzir grandes e luxuosos eventos é o candidato do Governo


Teor da Matéria:

               O chefão comunista Flávio Dino errou duas vezes nos últimos dias. E nem se fala aqui do seu erro estratégico, de trair o ex-presidente Lula e a presidente Dilma e se aliar ao candidato Aécio Neves (PSDB), que trabalha noite e dia contra o “Bolsa-Família”, o “Minha Casa, Minha Vida” e outros programas sociais.(Releia aqui). Os erros de Flávio Dino nesta semana foram de tática. Primeiro, errou ao programar um encontro para o mesmo dia em que o senador Lobão Filho (PMDB) seria recebido como candidato a governador, e não organizar o evento como deveria. O resultado pode ser visto nas imagens distribuídas pela própria assessoria do PCdoB: um Dino muxoxo, sentado em uma mesa, com aliados de cara amarrada. O evento foi engolido pela recepção a Lobão Filho, que repercutiu intensamente na imprensa e ganhou, inclusive, as redes sociais e a internet, tradicionais espaços dinistas. Outro erro de Flávio Dino – e mais uma vez tentando abafar a repercussão da chegada de Lobão Filho – foi a divulgação da pesquisa do Instituto DataM. O levantamento já tinha sido questionado pelo professor Wagner Cabral, que apontou irregularidades no registro. (Leia aqui) E nem havia necessidade da divulgação agora, já que não é segredo para ninguém que Dino esteja na dianteira. Mesmo assim, os dinistas insistiram na divulgação. Foi um tiro no pé. Os números mostraram que Lobão Filho – mesmo sem ainda estar em campanha, e mesmo distante do Maranhão – já havia crescido na média de 1 ponto percentual por dia. O resultado é que a pesquisa – segundo deputados elaborada apenas para pressionar os aliados a se manter com o comunista – acabou sendo ruim para o próprio Flávio Dino. E a semana se encerra, novamente, com Flávio Dino dando passos errados em sua trajetória eleitoral.
Exatamente como na semana passada, ao anunciar aliança com o PSDB…


O que você acha? Dê sua opinião!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!