terça-feira, 15 de abril de 2014

VIROU ROTINA - Terceiro preso é encontrado morto em três dias no Complexo Penitenciário de de Pedrinhas

     Mais um detento foi assassinado na noite desta segunda-feira (14), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Com a morte, sobe para sete, o número de presos que perderam a vida em Pedrinhas em 2014, três deles morreram nos últimos três dias.

O detento identificado como André Valber Mendes, de 26 anos, foi encontrado enforcado no pavilhão Delta do Centro de Detenção Provisória (CDP). Contando com outras mortes registradas em unidades prisionais do estado, já são dez os presos mortos no Maranhão. A Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) confirmou a morte, mas ainda não divulgou nota oficial sobre o caso.

Mais mortes

No sábado (12) a noite, o detento João Altair Oliveira Silva, de 18 anos, foi encontrado pelos monitores no corredor da unidade, na Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), com perfurações pelo corpo. Já no domingo (13), Wesley Sousa Pereira foi encontrado enforcado em uma das selas do bloco D do Presídio São Luís I. O detento tinha 23 anos e foi preso por tráfico de drogas.

As outras mortes registradas no complexo neste ano foram de Pedro Viegas, estrangulado no interior de uma cela; Sildener Pinheiro Martins, que teve o corpo encontrado em uma cela do Centro de Detenção Provisória; Josivaldo Pinheiro Lindoso, que estava no Centro de Triagem, para onde tinha sido levado apenas dois dias antes, quando foi detido, e apresentava indícios de estrangulamento; e Jô de Souza Nojosa, que cumpria pena no CCPJ, também estrangulado.

Do www.Imparcial.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!