quinta-feira, 10 de abril de 2014

Operação conjunta das polícias militar e civil prende dupla de estelionatários acusados de participação no roubo do shopping cidadão de Bacabal.

Uma operação conjunta das polícias Militar e Civil de Bacabal, coordenada pelo Tenente-coronel Egídio e Delegado Regional de Polícia, Dr. Carlos Alessandro com levantamentos precisos do Serviço de Inteligência (SI) e Investigadores, prenderam na noite do dia 09, por volta das 20h00min, os indivíduos EDUARDO GOMES DA SILVA, 36 anos, residente na Vila Coelho Dias e DANIEL MITERRAN NEVES PINHEIRO, 31 anos, residente no Parque Manoel Lacerda, também em Bacabal. Com os acusados os policiais apreenderam R$ 6.937,00 (seis mil novecentos e trinta e sete reais) em espécie; 02 (dois) relógios; 03 (três) celulares; 02 (duas) almofadas para carimbos e 02 (duas) carteiras de identidade falsas em nomes de Ina Maria Dias e Lázaro de Betânia Amorim Silva e 01 (um) Golf, branco, de placas OJK 4791, que era dirigido por Eduardo.
Os mesmos já vinham sendo investigados e monitorados e na noite do dia 09, Eduardo foi localizado no Bairro Cajueiro. Várias denúncias anônimas foram registradas na Polícia Civil e Militar dando conta que o mesmo continuava praticando ilícitos.
Ao ser detido, Eduardo, confessou que as carteiras falsificadas em nomes de Ina e Lázaro não lhes pertenciam e sim a Daniel e Cristiano (preso também no último dia 12 de dezembro). Diante da informação os policiais foram até as residências dos mesmos, sendo que apenas Daniel foi localizado, enquanto, Cristiano não se encontrava na sua residência.  Várias diligencias foram feitas no intuito de encontra-lo, porém, até o momento se êxito. 
Eduardo havia sido preso no último dia 12 de dezembro, quando em companhia de mais três comparsas foram acusados de Falsificação de documentos, formação de quadrilha, estelionato, falsificação de documentos públicos, dentre outras modalidades de crime, sendo encontrados com os mesmos na ocasião 06 (seis) jogos XBOX piratas; 10 (dez) celulares; 10 (dez) HD’s; várias procurações; documentos de pessoas; carteiras de identidade falsificadas; R$ 3.248,75 (três mil duzentos e quarenta e oito reais e setenta e cinco centavos); 02(duas) CPU’s; cartões de banco e benefícios.
A polícia também já apurou que as cédulas de identidade encontradas com Eduardo e Daniel fazem parte do lote roubado do Shopping Cidadão de Bacabal no dia 14 de março deste ano quando uma dupla armada e pilotando uma pop 100 rendeu os funcionários e levaram cerca de 1.316 carteiras de identidade em branco. Foi o segundo assalto. No final de novembro do ano passado a unidade móvel do Viva Cidadão foi também assaltada e naquela oportunidade os ladrões levaram cerca de 900 carteiras de identidades em branco. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!