segunda-feira, 19 de maio de 2014

PSD pode ir para o palanque de Flávio Dino no MA

Aliado da governadora Roseana Sarney (PMDB) e do pré-candidato do PMDB ao Governo do Maranhão, o ex-secretário de Fazenda do Estado, Cláudio Trinchão (PSD), pode acabar sendo obrigado a fazer campanha para o comunista Flávio Dino na eleição deste ano.
Segundo informa acoluna “Painel”, da Folha de S. Paulo, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab tem-se reaproximado dos tucanos. E isso nao ocorre apenas em São Paulo.
“Começa a ganhar corpo uma articulação para que Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central de Lula, seja vice na chapa de Aécio Neves”, diz a nota da coluna editada pela jornalista Vera Magalhães.
Como se sabe, no Maranhão, o palanque de Aécio Neves, pré-candidato do PSDB à Presidência da República, será garantido por Flávio Dino, o que pode acabar levando Trinchão, nome de proa da base governistas, para uma aliança com os comunas.
Veja abaixo a nota na íntegra
Alerta máximo
A preocupação do PT com a reaproximação entre Gilberto Kassab e o PSDB não se resume a São Paulo. Começa a ganhar corpo uma articulação para que Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central de Lula, seja vice na chapa de Aécio Neves. A possibilidade de o PSD romper o acordo para apoiar Dilma Rousseff e se aliar aos tucanos nas disputas nacional e paulista levou o Planalto a marcar conversa de Kassab com a presidente nesta semana. Lula também entrou no circuito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!