quinta-feira, 8 de maio de 2014

Senado aprova bolsa-prostituição de R$ 2 mil por mês - VERDADE OU MENTIRA?

Boato -- Notícia aponta que projeto de lei da "bolsa-prostituição", que prevê auxílio de R$ 2 mil para garotas de programa, teria sido aprovado pelo Senado.

Uma das notícias falsas que mais deu o que falar em 2013 voltou a circular internet em 2014. Um texto apontando que o Senado havia aprovado um projeto de lei da senadora Ana Rita (PT-ES) que prevê o auxílio de R$ 2 mil mensais para garotas de programa voltou a ser compartilhado em redes sociais.
De acordo com o boato, que aponta que a revista Veja falou sobre o assunto, o objetivo da bolsa seria "dar às mulheres a possibilidade de ter uma vida mais digna e dar mais qualidade ao atendimento, já que a mulher teria possibilidade de frequentar academias e fazer tratamentos estéticos". Leia o texto que está circulando em redes sociais logo abaixo:

VERGONHA NACIONAL...Revista Veja Publicou Dia 18/11/13 Senado aprova pagamento de bolsa mensal de R$ 2.000,00 para garotas de programa.
 Uma proposta polêmica, de autoria da senadora Maria Rita, do Partido dos Trabalhadores, foi aprovada na tarde de hoje por maioria de votos. Trata-se do pagamento de uma bolsa mensal no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para garotas de programa em todo país.
"O objetivo da bolsa é dar a essas mulheres a possibilidade de terem uma vida mais digna, pois o dinheiro deve ser prioritariamente utilizado com prevenção de doenças", explicou a senadora.
Segundo ela, o projeto tem interesse público, pois também tem o objetivo de "disponibilizar pra clientela um serviço de melhor qualidade, já que as meninas poderão se cuidar melhor, pagar tratamentos estéticos, frequentar academias etc."
O projeto de lei vai ser submetido à sanção da presidente Dilma e deve entrar em vigor até o início da copa de 2014.
É isso aí pessoal. Enquanto um professor da rede pública ganha R$898,00 para formar cidadãos dignos uma prostituta ganha R$ 2000,00 para rodar bolsinha com qualidade. Claro que a inciativa do projeto só podia vir de um PETISTA mesmo não é?

Só de ler a notícia, dá para imaginar que é falsa, não? Pois ela surgiu em um blog que publica apenas informações falsas e se diz de humor: o de Joselito Muller. Não é a primeira vez que o blog de Joselito Muller aparece aqui no Boatos.org. Outros dois casos de notícias falsas que deram o que falar foram a da inauguração do Memorial do Funk e da declaração da ministra Maria do Rosário.
Note que o nome da senadora foi mudado para Maria Rita. Isso aconteceu justamente depois que a notícia falsa se espalhou pela internet e a própria senadora fez alguns desmentidos (um deles pode ser visto nesta matéria da Folha de Vitória) e ameaçou colocar a Polícia Federal para identificar quem seria Joselito.  A Agência Senado também publicou nota desmentido a aprovação da suposta lei.
A repercussão da notícia falsa também fez com que o próprio blog publicasse alguns conteúdos sobre o caso. Um deles é o próprio desmentido da notícia. Ou seja, até a fonte da notícia explicou que o caso da bolsa prostituição é falso.

No texto que circula por redes sociais, há a informação de que a revista Veja deu a matéria no dia 18 de novembro de 2013. Será que pelo menos esta informação é verdadeira? A resposta é não. Pesquisamos no site da revista sobre o assunto e nada foi encontrado. Com isso, podemos dizer com toda a certeza que a história é 100% falsa.

2 comentários:

  1. As vezes fico tentando imaginar o porque das pessoas não pesquisarem as informações antes. É muito fácil espalhar boatas, basta ter uns amigos que comecem a compartilhar como se fosse verdade. Outro dia vi umas pessoas compartilhando uma notícia falsa de que Suzane Richthofen (tive que pesquisar na internet, nome difícil esse. rsrsrs) tinha virado pastora dentro da prisão e ia se tornar presidente da Comissão de Ética do Senado antes mesmo de sair. Então começaram a compartilhar com gritos de "absurdo, esse Governo do PT tem que acabar..." e outros comentários do tipo. Fico triste o quanto parte das pessoas não leem direito o que se mostra e ainda compartilham ou curtem.

    ResponderExcluir
  2. Pura verdade. Já havia escutado esse boato em plena sala de aula, fui pesquisar, hj me deparei com uma publicação do facebook dizendo que foi aprovado. Como se já não bastasse a barbárie que ocorreu no Guarujá.

    ResponderExcluir

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!