domingo, 18 de maio de 2014

Tio de escrivã assassinada manda recado: ‘Lá em Pedrinhas ele vai ver’

Em entrevista a TV Meio Norte, de Teresina, o tio da escrivã Loane Maranhão da Silva Thé, de 31 anos de idade, assassinada dentro de uma delegacia nesta quinta-feira (15), disse que vai acompanhar as investigações e lutará para que o assassino pague pelo crime.
“Vou acompanhar de perto toda a investigação e vamos atrás da justiça. Lá em Pedrinhas ele vai ter muito tempo pra pensar, pra refletir no que ele fez, lá ele vai ver”, disse Nazareno Thé.
Nazareno Thé, que é advogado, afirmou que a família da vítima está muito abalada com o ocorrido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!