sexta-feira, 27 de junho de 2014

COPA MEIO SEM BRILHO EM BACABAL - Bacabalenses não enfeitaram as ruas para mundial. Você sabe porque?

Teixeira de Freitas é uma das poucas que conservou a tradição
          Até parece que não está havendo copa do mundo ou que a copa não é no Brasil. Diferentemente do último mundial, quando o bacabalense enfeitou a maioria das ruas da cidade, havendo até concurso para escolher a mais ornamentada; dessa vez a coisa está bem diferente. Fica difícil definir o que realmente está acontecendo, talvez tenha sido a carga de protestos que deixou o brasileiro sem muita vontade de entrar totalmente no clima da copa e ao mesmo tempo tenha causado desânimo ou até mesmo porque a seleção não tenha passado aquela total sensação de segurança. Uma coisa é certa, as ruas estão praticamente como antes, com pouco foco de bandeiras em residências e bandeirolas nas ruas. O exemplo mais evidente é a rua Magalhães de Almeida, que na copa passada estava tomada por bandeirolas e a cada final de partida disputada pela seleção brasileira havia grande evento festivo com pagode, bandas ao vivo e tudo mais. Uma das poucas ruas que conservou os enfeites em verde amarelo foi a Teixeira de Freitas, no setor próximo ao rio Mearim. Ali, as bandeirolas lembram as da copa passada, além do ânimo comemorativo dos moradores do trecho.

          No entanto, os moradores das ruas enfeitadas para a copa podem enviar suas fotos aqui para o blog (o_folha@hotmail.com) com os devidos comentários. Estaremos de pronto para publicá-las


Mínimo de bandeirolas na rua Raimundo Correia 

Poucas bandeiras enfeitam reisdências

Magalhães de Almeida - pouquíssimas bandeirolas próximo ao Materno Infantil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!