quarta-feira, 18 de junho de 2014

Júnior da Caçamba (PV), pré-candidato a Deputado Estadual, fala ao BLOG do Cláudio Cavalcante sobre sua pré-candidatura

          No decorrer dessa segunda quinzena de Junho este BLOG estará realizando entrevistas com os pré-candidatos e candidatos a reeleição do meio social local, sendo aos cargos de Deputado Estadual e Federal. As perguntas serão sempre as mesmas para todos os pré-candidatos e candidatos a reeleição. As perguntas poderão ser copiadas dessa primeira entrevista, respondidas e enviadas para o e-mail o_folha@hotmail.com e serão publicadas na ordem de chegada. 
            Nessa primeira entrevista temos o pré-candidato a Deputado Estadual Júnior da Caçamba (PV). Leiam:


BLOG do Cláudio Cavalcante - Como você analisa hoje a situação política de Bacabal?

Júnior da Caçamba - A realidade hoje da política de Bacabal é bem diferente de alguns anos atrás. Ninguém é digno do Oasis se não atravessar seus desertos. A classe política anda desacreditada e a expectativa de mudanças e renovação é muito comum hoje em dia. Os políticos anteriores fizeram seu papel, participaram, deram sua contribuição, e a nossa esperança se renova a cada dia que dia em busca de melhorias para que a nossa cidade alcance. Digo isso tanto para nossos deputados federais, estaduais, senadores e prefeito. Desejamos que a classe reassuma seus compromissos com mais intensidade, com mais trabalho e ânimo para nosso povo.

BLOG do Cláudio Cavalcante - Quais são os grandes empecilhos do desenvolvimento de Bacabal?

Júnior da Caçamba - Acredito muito na força política e da união para um projeto especifico sem interesses pessoais. Nossos políticos estão mais preocupados com seus projetos pessoais do que a nossa cidade. Não existe união para esse projeto nesse momento. Diria eu que a falta de união dos parlamentares seja umas das questões de empecilho desse crescimento. Caso venhas a ser candidato e vencer as eleições, faria diferente, colaborando com o governo municipal em qualquer situação, pois tenho que demostrar tal responsabilidade para com as pessoas que acreditarem no meu projeto de trabalho.
LOG do Cláudio Cavalcante - Caso venha ser candidato e depois candidato eleito, qual é o seu projeto legislativo?
Júnior da Caçamba – Fiscalizar com mais qualidade. Criar leis que venham beneficiar as classes menos favorecidas e ter uma opinião diferenciada, uma identidade com mais proximidade da população.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Como está o seu nome nessa corrida pré-eleitoral dentro do partido?
Júnior da Caçamba – Sou filiado ao partido verde e tenho bom relacionamento com o meu partido e com o seu presidente, o deputado Sarney filho, com quem estive recentemente em São Luis. Tenho a simpatia do deputado Rigo Telles e demais lideranças. O meu nome está bem contado dentro do partido e bem amparado pela força política da sigla partidária da qual faço parte.
BLOG do Cláudio Cavalcante - No seu ponto de vista, como está o seu nome nessa corrida pré-eleitoral na visão da comunidade de Bacabal?
Júnior da Caçamba – Meu nome surge como uma nova opção pela historia na política de Bacabal. Acredito que a população vai entender a nossa mensagem, uma mensagem simples, que merece uma oportunidade pelo trabalho que já fiz  pela classe política da minha terra e pela fidelidade que sempre honrei meus compromissos com a sociedade de Bacabal.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Como você analisa o grupo Sarney no Maranhão?
Júnior da Caçamba – A vida é um grande contrato de risco, tem curvas imprevisíveis e acidentes inevitáveis. A família Sarney tem uma história brilhante, fez muito pelo nosso estado do Maranhão e pelo Brasil. Tem suas falhas. Como todos tem. Mas, sem duvida nenhuma, é uma grande família e tem um legado moral de princípios valiosos. O Brasil está passando por uma trajetória, digo que seria negativa com tantas manifestações sem conteúdo. O povo é que tem um poder de decidir, isso se faz na hora de votarmos.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Qual a sua previsão sobre a corrida ao governo do Estado?
Júnior da Caçamba – Com a saída do Dr. Luis Fernando nosso grupo teve um abalo muito grande. Então surgiu uma novidade para todos nós, fomos pego de surpresa com a pré-candidatura do senador Edson Lobão Filho, que começou a passar muita segurança para o grupo, com o discurso forte e  confiante e já começa aparecer bem nas pesquisas, ganhando confiança das liderança no interior do estado. Sem dúvida será uma grande campanha. Há um sentimento de união, fôlego e emoção dentro do grupo. Edinho passa para todos nós essa emoção que o Maranhão vai pra frente.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Qual o perfil essencial para governar o Maranhão nesse momento: o candidato do governo ou o da oposição?
Júnior da Caçamba – Acredito no candidato empreendedor. Tem uma visão ampla da economia e trará  novos investimentos para  nosso estado. Esse perfil eu diria que o Edinho tem naturalmente.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Qual a sua posição pessoal em relação à violência na cidade de Bacabal e no Estado do Maranhão?
Júnior da Caçamba – Falta de projetos sociais. O governo não teve a sensibilidade para tratar esse problema. Investir na segurança pública é essencial para a sociedade. Mais precisamente, fazer um projeto social de reabilitação, de socialização e ressocialização.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Há hoje um forte investimento de candidatos de fora do município de Bacabal. Isso é bom ou ruim? E porque esses fatos políticos estão ocorrendo cada vez com mais freqüência nesses momentos eleitorais?
Júnior da Caçamba – As lideranças municipais tem esse estilo de vida negativo de vender os votos do povo de Bacabal para candidatos de fora. Eles pegam o dinheiro, montam seus comitês e contratam muitas pessoas para trabalhar. Isso é muito ruim, pois eles são eleitos com os votos daqui mais não tem nenhum compromisso com a cidade e com seus moradores, pois acham que dessa forma já pagaram pelo voto. Nós temos que colaborar para quebrar esses costumes e erradicar esses males.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Defina, politicamente, as figuras de Zé Vieira, Dr. Lisboa e Zé Alberto.
Júnior da Caçamba – Zé vieira fez um trabalho pela cidade, não podemos negar. Foi um governo truculento, muita perseguição com os comerciantes, cobrou muitos impostos, tratou-se de um governo “duro” demais. Dr. Lisboa pegou uma boa fase do governo do Jackson Lago, mas como médico Dr. Lisboa deixou muito a desejar na área da saúde de bacabal, atrasando o pagamento dos funcionários dessa pasta por meses. Entrou no contexto muito ruim que é ficar nas mãos dos agiotas e por ai vai. Zé Alberto está agora à frente da prefeitura. Diria eu que muitas coisas precisam ser feitas. Ainda tem tempo de solucionar os problemas encontrados, muitos herança de administrações como as que eu citei acima, mas no momento eu não faria nenhum julgamento ruim do seu governo. Como pessoa é um excelente pai de família, honra com seus compromissos e por isso acredito que ele possa ainda realizar grandes ações por Bacabal.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Como você analisa a administração do Prefeito Zé Alberto?
Júnior da Caçamba – Nota satisfatória, porque acredito que ele recebeu a casa, ou seja, a prefeitura com muitos débitos e problemas demais. Tem encontrado algumas dificuldades, mais creio que ainda há tempo suficiente para realizar uma grande gestão.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Você está preparado para tomar um lugar na assembléia legislativa do Maranhão?
Júnior da Caçamba – Claro que eu estou preparado, não sou diferente dos outros. Tenho sim capacidade de fazer uma grande legislatura na assembleia legislativa do estado do Maranhão.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Quais os projetos prioritários para o Maranhão e consequentemente para Bacabal, que você, como deputado, tomaria como bandeira de luta?
Júnior da Caçamba – Boa pergunta. Tenho um grande desejo de lutar para trazer para minha terra, Bacabal, uma usina de reciclagem de lixo. Revitalizar as margens do rio mearim. Procurar criar, junto aos órgãos competentes, as secretarias de estado para nós criarmos aqui na região um grande centro de reabilitação para viciados em droga.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Há, notoriamente, hoje, um desgaste do grupo Sarney no Maranhão. Na sua visão, isso se deve a quê?
Júnior da Caçamba – O conformismo por parte dos seus secretários de estado, pois deixaram de atender as reivindicações regionais. Isso deixou as lideranças sem prestígio, coisa que creio que o Edinho agora esta fazendo, visitando e valorizando o grupo.
BLOG do Cláudio Cavalcante - Como você analisa os programas de TV, Blogs, sites e outras mídias que focam os embates políticos em Bacabal?
Júnior da Caçamba – A liberdade de expressão é justamente isso: os embates e debates. Hoje temos as emissoras de TVs em Bacabal e blogueiros, onde a notícia chega mais rápido e com verdades que diferenciam da mídia na região, minha nota é positiva quanto a isto.
BLOG do Cláudio Cavalcante Suas considerações finais.
Júnior da Caçamba – Quero agradecer a oportunidade de participar dessa entrevista afirmando que sou pré-candidato a deputado estadual, filho da terra. Quero fazer um grande trabalho social por minha cidade e pelo Maranhão. Bacabal já deu oportunidade para vários políticos de fora e também para os daqui e que não corresponderam para com a confiança prestada a eles. Gostaria de ser a voz de Bacabal. Não sou rico, não tenho dinheiro, não tenho padrinhos ricos e não sou filho de empresário. Meu pai deixou um grande legado: ser honesto e trabalhador e são esses valores que pretendo pleitear uma vaga nessa disputa, tal que não será fácil. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!