segunda-feira, 30 de junho de 2014

Primeira-dama de Santa Inês faz barraco com amante de Ribamar Alves e caso vai parar na polícia

A primeira-dama de Santa Inês e candidata a deputada federal, Luana Costa (PSB), está sendo acusada de invasão de domicílio e de difamar uma gestante a quem acusa de ter um caso amoroso com o seu marido, o prefeito Ribamar Alves (PSB), que seria o pai da criança. A confusão aconteceu em 19 de maio deste ano, no Jaracati, onde mora a suposta amante, conforme boletim de ocorrência registrado no Plantão Central da Beira-mar (Reffsa), reproduzido abaixo.
O caso foi relatado à polícia pela assessora de vendas Regina Célia Saraiva Oliveira, 40 anos, mãe da gestante. Segundo ela, sua filha, a estudante Jessyane Rayelle Saraiva Oliveira, 19, estava em casa na companhia da família quando Luana Costa invadiu o imóvel e passou a difamar a jovem, acusando-a de ser amante do seu marido.
Ainda de acordo com Regina, a primeira-dama a difamou, chamando-a de “vagabunda” e “prostituta”, além de afirmar que ela “vendia suas filhas” e que “extorquia seu esposo”, Ribamar Alves.
Mesmo tendo armado esse e vários outros barracos, que são alvo de chacota em Santa Inês e para além dos limites da cidade, Luana Costa tentará uma vaga na Câmara Federal em outubro. Por isso, é importante que os eleitores saibam do destempero e do desequilíbrio da candidata, que já começou a pedir votos ao povo, como se nada tivesse acontecido.
Ao lado, cópia do boletim de ocorrência

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!