quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Aprovado projeto que autoriza bacharéis a advogar sem OAB

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou há pouco, em caráter terminativo, um projeto de lei (PL 5.749/13) que pode permitir que mais de 5 milhões de brasileiros, formados em direito mas que não foram aprovados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), exerçam algumas atividades que não são permitidas hoje. O texto cria a carreira dos para legais, profissionais que poderão atuar na área jurídica sob responsabilidade de um advogado.
A proposta, que agora segue para o Senado, prevê o exercício da nova profissão por três anos para quem já se formou ou ainda vai concluir o curso. Durante a discussão sobre a proposta, o colegiado decidiu que o prazo era curto e não solucionava o problema de milhares de pessoas que ficam impedidos de atuar pela falta de aprovação da entidade representativa dos advogados.

Um comentário:

  1. Agora muitas pessoas que nunca passaram na OB como diz um velho e" catedrático" politico de nossa cidade, agora vão mostrar um pouco das suas competencias. Mais tem que continuarem tentando passar na prova da O.B rsrsrsrsrsr.

    ResponderExcluir

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!