domingo, 10 de agosto de 2014

VANGUARD LOTADO - Lançamento da Campanha do deputado Alberto Filho é marcado por disputa interna e discurso vazio de Roseana Sarney

          Aconteceu em Bacabal, na manhã deste domingo, 10, o lançamento da campanha do Deputado Federal Alberto Filho (PMDB). O Vanguard foi o palco para mais um dos grandes acontecimentos políticos da região. Tudo ia bem até a chegada da “charanga” do Deputado Estadual Roberto Costa, por sinal, bastante desafinada e desencontrada. O alvoroço foi marcado por militantes com perucas coloridas e uma bateria com instrumentos como tambores e outros de sopro, intermitentemente barulhentos. Os locutores oficiais, responsáveis pelo cerimonial, ainda pediram para que a charanga parasse, mas a mesma continuou a “tocar” sem parar, não dando muita bola para os puxões de orelha ao vivo. O fato foi resultado do não apoio do prefeito Zé Alberto ao Deputado Roberto Costa, sendo este substituído nitidamente por Rigo Teles. Mesmo não sendo concorrente de Roberto Costa, a disputa interna em pleno lançamento de campanha de Alberto Filho, demonstra que algumas arestas importantes deixaram de ser aparadas antes da prática da campanha eleitoral dentro do PMDB de João Alberto. Aliás, essa foi uma outra falta grave no lançamento. João Alberto quase não esteve no evento e, segundo a fala da Governadora Roseana Sarney, ele não viria por problemas de saúde, o que não foi plenamente “engolido” pelos presentes, o que só reforça os boatos de que a governadora, após o comício de Santa Inês, onde João Alberto discursou com palavras bastante fortes contra o adversário Flávio Dino, teria pedido para João Alberto afastar-se da campanha de Lobão Filho, por estar antiquado e ultrapassado.  

        Mas bem próximo ao final João Alberto compareceu e com voz meio embargada fez seu discurso. No seu discurso, Alberto foi bastante flexível e abordou pontos já esperados pelos presentes. Alberto disse ter convicção de que sua reeleição ajudará nos propósitos de melhorias para Bacabal e para o Maranhão. Lobão Filho falou sobre suas pretensões à frente do Governo do Estado e agradeceu a oportunidade ao grupo político do qual faz parte, pela oportunidade de disputar a cadeira do executivo maranhense. No evento, discursaram também o prefeito Zé Alberto, Gastão Vieira, Roberto Costa, dentre outros presentes. No seu discurso, a governadora Roseana afirmou que o Laura Vasconcelos será terminado o quanto antes e que as ruas de Bacabal estarão todas “lisas” muito em breve. Em reflexão sobre essa última “promessa afirmação” da governadora, é bom lembrar que enquanto as ruas não estão “lisas”, pelo menos seus moradores estão, pela improdutividade de Bacabal e sua falta de crescimento real, marca deixada pelo rol de administrações desastrosas que o município vem tendo no compasso de sua história. Particularmente achei seu discurso vazio e sem novidades, bem como bastante equivocado, principalmente referente a situações voltadas a Bacabal e a seus opositores, deixando claro que toda e qualquer indagação contrária a Lobão Filho terá de ser rebatida com afinco pelos seus partidários, encurralando o adversário não como tal, mas como inimigo mortal.


             Mas no balancete geral não se pode dizer que o evento foi pequeno ou falho por estas manifestações isoladas de apoios a candidaturas ou pelos discursos já conhecidos, pois tratou-se da uma demonstração de que o grupo está brigando forte para eleger seus candidatos, principalmente referente ao concorrente à cadeira principal do executivo estadual, o Senador Lobão Filho.   







19 comentários:

  1. A falta de bom senso da senhora Targid France a mulher quem comanda a zuadenta charanga do deputado Roberto Costa foi quase que abusiva. Ao ser solicitada para que a charanga recuasse do palco e baixassem as bandeiras para não empatar a visibilidade das pessoas que estavam sentadas, a mesma veio que nem uma arara brava pra cima de um dos responsáveis pelo cerimonial dizendo que de lá não saiam. Eu acho que o entusiasmo tem que haver, tem que haver empolgação, tem que se festejar com muita alegria, mas cima de tudo tem que haver muito respeito, coisa que a senhora Targid France não teve para com o povo de Bacabal. Por outro lado a charanga atrapalhou e muito nas falas do prefeito Zé Alberto, da governadora Roseana e do Candidato a governador Lobão Filho. Não tenho nada contra a charanga porque ela tinha uma comandante que por acesso de empolgação acha que dever desrespeitar o recinto alheio. Nada contra também o deputado Roberto Costa que é meu amigo, conterraneo e irmão e acima de tudo o meu candidato e de toda a minha família. Para Roberto Costa tudo! para a charanga...nada!

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com R.Cavalcante porque não precisava acontecer aquilo. Quase não se ouviu as palavras do nosso deputado Alberto Filho. É preciso ter muito respeito na casa alheia porque afinal de contas a festa era do Alberto Filho e não do Roberto Costa. Sei que Roberto não mandou que eles fizessem aquilo. Politica não é sinonimo de falta de respeito.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca vi tanta falta de respeito para com um povo como presenciei domingo no vanguard, parece que vieram somente pra bagunçar. Esse tal de Roberto Costa sabia de tudo ele tambem sempre foi bagunceiro. Pela cara de João Alberto senti que ele não estava gostando da brincadeira de mau gosto.

    ResponderExcluir
  4. Roberto Costa não precisava mandar fazer aquela baderna, o seu nome está muito bem na região e especialmente em Bacabal. Isso deve render um bom prejuiso pra ele no dia 5 de outubro.

    ResponderExcluir
  5. Com essa baderna, o nome de Roberto Costa não apareceu na mensagem de agradecimento ao povo de Bacabal divulgada pelo comitê de Alberto Filho.

    ResponderExcluir
  6. Com essa baderna, o nome de Roberto Costa não apareceu na mensagem de agradecimento ao povo de Bacabal divulgada pelo comitê de Alberto Filho.

    ResponderExcluir
  7. Muito feio o que aconteceu. A maior falta de educação. Próprio do pessoal de São Luis. São contratados por Roberto Costa para esses eventos e pagos pela Assembleia.

    ResponderExcluir
  8. Eu até que estava gostando desse Roberto Costa e agora vou pensar bastante antes de decidir o meu voto.

    ResponderExcluir
  9. Roberto Costa deve desculpas ao povo de Bacabal

    ResponderExcluir
  10. Nada contra Roberto Costa, mas o mesmo deveria ter contido a euforia dos seus comandados.

    ResponderExcluir
  11. Nada contra Roberto Costa mas bem que deveria ter contido a euforia dos seus comandados e assalariados.

    ResponderExcluir
  12. Roberto Costa tem um canal de televisão e não custa nada redigir uma nota de desculpas ao povo de Bacabal que tem ele como um homem de bons predicados.

    ResponderExcluir
  13. Roberto Costa tem um canal de televisão em Bacabal a Difusora e bem que poderia redigir uma nota pedindo desculpas ao povo de Bacabal

    ResponderExcluir
  14. Aquela baderna tirou muita gente de dentro do Vanguad. Lamentável

    ResponderExcluir
  15. Todos são farinha do mesmo saco

    ResponderExcluir
  16. O Deputado Roberto Costa ja tem um grande reduto em Bacabal, se Alberto Filho não aparar as asas desse moço ele vai atrapalhar a reeleição do seu pai em 2016, pois o seu projeto politico é ser prefeito de Bacabal, tanto é que ja comprou uma mansão no Jardim Valéria por uma bagatela de 600 mil reais e gastou mais de 100 mil na reforma. Se alguem duvida é só esperar 2016.

    ResponderExcluir
  17. 600 MIL E 100 MIL NA REFORMA HEIM? ESSE ROBERTO COSTA TÁ PODENDO MESMO. TE CUIDA ZÉ ALBERTO PORQUE SENÃO EM 2016 TU JA ERA. AGORA O JARDIM VALÉRIA PODE ESPERAR MELHORIAS.

    ResponderExcluir
  18. Gosto de Roberto Costa porque é ousado e inteligente. Eu particularmente voto nele.

    ResponderExcluir
  19. Gosto de Roberto Costa porque é ousado e inteligente. Eu particularmente voto nele.

    ResponderExcluir

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!