quarta-feira, 13 de agosto de 2014

PM PRENDE ACUSADO DE TRÁFICO E RECAPTURA FORAGIDO DA JUSTIÇA

ACUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS É PRESO EM COMPANHIA DE UMA MENOR INFRATORA. FORAGIDO DA JUSTIÇA É RECAPTURADO

Policiais militares do 15º BPM realizaram, na manhã do dia 12 no Bairro Alto Bandeirantes, Bacabal, a prisão de ILDEMAR ROCHA DE ANDRADE, 49 anos, residente no Bairro Alto da Assunção, nesta cidade. Com ILDEMAR a PM encontrou R$ 5.783,00 (cinco mil setecentos e oitenta e três reais) em espécie; 03 (três) celulares; 01 (um) relógio; 63 (sessenta e três) pedras de crack prontas para a venda; 26 (vinte e seis) pedras de crack já embaladas para a venda; 01 (um) bolsa porta-cédula e 01 (uma) bolsa feminina. 
Todo material apreendido estava no interior de um veículo S10 LTZ, cinza, de placas NXN 2905, conduzido pelo acusado e licenciado em nome de uma empresa localizada na Avenida Professor João Moares, Centro, na cidade de Santa Luzia do Paruá – MA. Com ILDEMAR estava uma menor de idade das iniciais MSS de 16 anos, que provavelmente servia como aviãozinho para a entrega das drogas.
Policiais Militares do Serviço de Inteligência do 15º BPM já monitoravam o acusado que em pouco mais de dois anos, acumulou certo patrimônio, uma vez que o mesmo trabalhava como fotografo e muitas denuncias apontavam o mesmo como um dos responsáveis pelo tráfico em Bacabal. Segundo o apurado, ILDEMAR, no momento em que foi detido fazia arrecadação nas bocas de fumo e aproveitava para abastecer outras bocas. 
Quando os policiais retornavam ao passarem em frente a um posto de lavagem, no mesmo bairro, observaram que uma pessoa empreendia fuga, adentrando dentro de uma residência. Imediatamente os policiais se mobilizaram e conseguiram deter o mesmo. O fugitivo trata-se de JOSÉ DE RIBAMAR MOTA JÚNIOR, de 40 anos, residente no Bairro Madre Rosa em Bacabal.
Após revistado foi encontrado com JÚNIOR  a importância de R$ 1.333,00 (hum mil trezentos e trinta e três reais) em espécie. Júnior já teve várias passagens pela polícia por roubo e também é suspeito de comercializar drogas, sendo considerado de alta periculosidade. Que após consulta a rede Infoseg, constatou-se que Júnior tem um Mandado de Prisão em aberto no Estado do Maranhão.
Júnior é suspeito de participar da quadrilha que manteve a família de um gerente do banco HSBC como refém por 15 horas no dia 11 de junho de 2011 em Cuiabá. Junior foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ao ser preso estava como passageiro do coletivo que fazia o itinerário Pontes e Lacerda para Cuiabá, no km 5, da BR-174.
O mesmo foi encaminhado à Polícia Civil, em Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá). Segundo o delegado Flávio Stringuetta, titular do Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil, que cuidou do caso, familiares do gerente não reconheceram o acusado como um dos 4 homens que mantiveram contato direto com a família, mas não descartou a sua participação no crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!