domingo, 7 de setembro de 2014

Bacabal comemora 7 de Setembro‏ com grande desfile

Da ASSECOM/Bacabal
O 2º Desfile Cívico da Independência promovido pelo Governo Agora Sim foi marcado por muitas inovações. Após o hasteamento dos pavilhões Nacional (Senador João Alberto), Estadual (Vereador Rogério santos) e Municipal (Prefeito José Alberto Veloso) com o acompanhamento da Banda santa Cecilia, foi realizada a Condecoração dos Policiais Militares do 15º Batalhão agraciados com a Medalha Cinquentenária do Batalhão de SWEZ e Medalhas Legionários da Paz pelos relevantes serviços prestados ao Estado e principalmente a sociedade bacabalense. As honrarias foram entregues pelo Senador João Alberto, Prefeito Zé Alberto Veloso e pelo Coronel Egídio Comandante do 15ºBPM. Os homenageados foram:




QOPM André Luis
O 1º Sargento Raimundo de Albuquerque Ferreira(Batalhão de SWEZ)
O 2º Sargento Alcebíades  da Costa Matos(Batalhão de SWEZ)
O 3º Sargento Antonio Lopes dos santos(Batalhão de SWEZ)
O 1º Sargento João Nunes Sousa (Batalhão de SWEZ)
O 2º Sargento Roberth Silas de Carvalho Soeiro(Batalhão de SWEZ)
O Cabo Reginaldo Castro (Legionários da Paz)
O Cabo Silas do Carmo (Legionários da Paz)
E o Soldado Josinaldo Souza Pereira (Legionários da Paz)
Outra importante mudança foi com relação ao tempo do desfile que este ano se deu de forma mais objetiva e menos desgastante para alunos e educadores.
Com o tema: “Família e Escola, Pilares da Educação”, as 52 escolas entre municipais, estaduais e particulares fizeram suas apresentações em menos de três horas minimizando o desgaste dos mais de 1000 alunos que levaram para a avenida temas como o Combate às Drogas, a importância da participação da família no contexto educacional dos filhos, Inclusão: Diversidade/Acessibilidade/Inclusão Educacional de Pessoas com Deficiência, o respeito ao CREDO de cada um para o bem de todo, Bumba Meu Boi dentre outros subtemas.
O Desfile da Independência foi iniciado pelos Policiais Militares do 15ª Batalhão seguidos pelos alunos do PROERD –Programa Educacional de Resistência às Drogas implantado pela Prefeitura de Bacabal e a própria PM. Na sequência tivemos a participação inédita dos homens que compõem a Unidade do Corpo de Bombeiros de Bacabal inaugurado na atual gestão, da APAE com o tema: Construindo uma História de Igualdade e de Oportunidades para Todos. E fechando o 1º Bloco desfilou o 6º Grupo de Escoteiros Kaluanã que na língua TUPI significa “Grande Guerreiro”.
O segundo pelotão foi representado pela Secretaria de Assistência Social que apresentou o conjunto de serviços assistências através de ações e serviços que visam a universalização dos direitos dos cidadãos. (Projovem, Centro POP, Serviços para Idosos, Serviços para Crianças e Adolescentes dentre outros importantes programas sociais)
Logo em seguida foi a vez da Educação Infantil representada por 16 Pré-Escolas.
Esporte como fator de promoção e qualidade de vidas foram alguns dos subtemas apresentados pelos alunos da Rede Municipal de Ensino. (Capoeira, Ginástica Rítmica, Karatê, Futsal, Natação, Ciclismo).
Uma outra ala homenageou os artistas locais com os nomes dos cantores nas camisas dos alunos enaltecendo e valorizando a cultura bacabalense.
O Colégio Militar Tiradentes III da Policia Militar do Maranhão com o sentimento de independência da nação e respeitando as manifestações cívicas e patrióticas do povo brasileiro fez uma belíssima apresentação sem aplaudido pelos presentes.
Encerrando com “Chave de Ouro” a Secretaria de Educação apresentou a Frota de Ônibus Escolar que através do Programa Caminho da Escola atende centenas de alunos da zona rural de Bacabal com transporte confortável e seguro.
Para o Secretario de educação do Municipio Carlos Gusmão, o desfile deste ano mostrou que é possível realizar a Festa da Independência sem desgastar alunos e a população que sai de casa para acompanhar o desfile. “A cada ano estamos procurando melhorar para proporcionar uma festa em que todos sintam prazer em acompanhar o Sete de Setembro, evitando a exposição ao sol forte, diminuindo o tempo do desfile, enfim, buscando formas para tornar a festa prazerosa sem quebrar a tradição” pontuou Carlos Gusmão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!