segunda-feira, 15 de setembro de 2014

BASTIDORES DO PODER - PMDB estaria escondendo Sarney, Roseana e Lobão da campanha de Lobão Filho

O PMDB escondeu o ex-presidente José Sarney da campanha de Lobão Filho ao governo do Maranhão. Nas primeiras quatro semanas de horário eleitoral, o senador não apareceu nenhuma vez para pedir votos. A governadora Roseana Sarney, que enfrenta forte rejeição, também foi afastada da propaganda. O marqueteiro Elsinho Mouco culpa o rival Flávio Dino (PC do B) pela estratégia. “Ele veio agredindo, e tive que ir para a emoção. Lobão Filho deixou claro que é do grupo”.
“Um ciclo se encerra com a aposentadoria do presidente Sarney e a saída de Roseana. Agora começa a renovação”, diz o marqueteiro de Lobão Filho. Desgastados, pai e filha desistiram de concorrer ao Senado.
O ministro Edison Lobão (Minas e Energia), que saiu de férias na segunda-feira passada, sumiu da campanha. Na semana passada, o delator Paulo Roberto Costa o incluiu na lista de políticos que, segundo ele, desviavam verba da Petrobras.
Atacado pelos Sarney por ser filiado a um partido que tem o comunismo no nome, Dino provocou os rivais em debate com empresários nesta semana: “O que precisamos é instaurar o capitalismo no Maranhão”. (Folha de São Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!