sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Frases ambíguas, curiosas e sem nexo de Lobão Filho chamam a atenção em Debate na FIEMA

       Durante as cerca de três horas do Encontro Com Candidatos na sede da Fiema (Federação das Indústrias do Estado do Maranhão), a plateia ouviu propostas e embates entre Flávio Dino e Lobão Filho, na última quarta-feira. Mas, para boa parte do público formado por empresários, o que chamou mais a atenção foram algumas frases de Edinho.
Durante a fala do candidato, os presentes trocavam comentários sobre as declarações. Muitas vezes eles demonstraram surpresa e curiosidade com as frases atípicas em um encontro entre candidatos a governador. Conheça algumas delas abaixo:
Conheço o meu pai desde que nasci” – Sobre as denúncias de corrupção contra o ministro Edison Lobão
Quatro vezes zero é quase zero” – Fazendo contas durante o encontro
Não trouxe ninguém [para o debate], a não ser os quatro ou cinco que andam comigo” – Sobre seus apoiadores no evento
Tenho cinco assessores comigo aqui. Não… três. Não… quatro” – Ainda indeciso sobre os apoiadores
Talvez a melhor solução não sejam quatro policiais em uma viatura” – Sobre sua proposta de tirar policiais das viaturas e colocar em motos
Policial pendurado na porta do carro para atirar? Isso não existe” – Também sobre a nova proposta
De moto, os policiais são mais ágeis. Se chegam em número de quatro, são eficientes” – Ainda sobre a proposta, referindo-se ao mesmo número de policiais que cabem numa viatura
Eu não sei por que a TV Globo tem essa coisa contra o Maranhão” – Sobre as denúncias e escândalos contra seu grupo político e a família Sarney, dona da afiliada da Globo no Estado
Eu já fui processado por ele, tentou me humilhar” – Sobre o processo em que foi julgado por Flávio Dino, quando juiz, contra ele
A 30 dias da eleição, tô encostado e já tô subindo” – Sobre as pesquisas que mostram diferença de até 30 pontos em relação ao primeiro colocado
Não tinha a menor paixão para ser candidato a governador do meu Estado” – Sobre seu desapego pelo poder
Mesmo assim desembarquei aqui no Estado do Maranhão” – Sobre sua proximidade com o Maranhão
Sou mais empresário do que político” – Sobre sua vocação
No meu governo, se o meu irmão vencer licitação, ele vai fazer a estrada dele” – Sobre os negócios da família num eventual governo seu
Eu não sou lá muito bom no dom da palavra” – Justificando possíveis tropeços na oratória
Minha postura é a de um homem que tem muito cuidado com o que fala” – Sobre suas declarações.
Fonte: Site Maranhão da Gente

Um comentário:

  1. Imaginem se ele não tivesse cuidado com o que fala. Deveria ser agricultor. Vai gostar de abobrinhas assim no inferno.

    ResponderExcluir

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!