quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

As velhas indecisões humanas e a comunicação maranhense

Só mesmo a historinha do velho com o burrico para ilustrar o que acontece, hoje, com as chamadas ‘viúvas’ do sarneisismo!
O velho ia montado no burro e o neto puxava o animal, no sol quente. Ao observar a cena, alguns moradores criticaram o senhor por ir em cima do burro e deixar uma criança andando no sol quente. O velho, então, desceu do burro e pediu que o neto subisse, passando ele a puxar o animal. Mais na frente, outra crítica: agora, porque o garoto jovem, cheio de saúde, estava montado enquanto o avô, de idade avançada, ia andando, no sol quente. O velho, então, também subiu no burro com o neto. Mais uma vez, as críticas vieram: agora os dois eram acusados de maltratar o animal. Incomodados com as críticas, os dois desceram do burrico e foram andando no sol quente, deparando, mais na frente, com nova crítica: agora eram otários; com um burro à disposição, estavam os dois andando no sol quente.
É assim que se portam, hoje, os comunicadores que não se conformam com a derrota do grupo Sarney.
Antes, chamavam Flávio Dino de arrogante, prepotente, ‘nariz empinado’…! Agora, criticam o governador por andar no banco da frente, ao lado do motorista, no carro oficial do estado.
Decidam-se. (Jornal Pequeno)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!