quarta-feira, 27 de maio de 2015

Roberto Costa diz que Murad é traidor, desequilibrado e desagregador

A queda de braço entre o grupo do senador João Alberto e do ex-secretário Ricardo Murad pelo comando do PMDB maranhense repercutiu na sessão legislativa desta terça-feira (26).
Da tribuna da Assembleia, o deputado estadual Roberto Costa classificou o cunhado da ex-governadora Roseana Sarney como “desagregador”, “desequilibrado” e ‘traidor’.
“Não aceito, não admito e nem deixarei que o senhor Ricardo Murad tente pautar o PMDB. O convite para ele sair do partido já foi feito. Por onde ele passa, desagrega”, argumentou Roberto.
O parlamentar também definiu a atuação de Andrea Murad como “radical”, alegando que a ex-namorada se deixa tutelar pela prepotência e megalomania de Murad.
“O Ricardo tem que ter um pouco mais de equilíbrio e deixar de usar o seu mandato. A senhora tem sido uma grata surpresa, mas se perde pelos excessos que são conhecidos do seu pai. O seu DNA, deputada, todos nós conhecemos”, afirmou.
Para o dirigente municipal do PMDB, “toda vez que fazem um discurso contra a deputada Andrea Murad, ela corre no gabinete e liga para o pai para saber o que falar”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!