terça-feira, 12 de julho de 2016

Dez deputados já formalizaram candidatura em eleição para a presidência da Câmara

Os líderes da Câmara dos Deputados referendaram a decisão da Mesa Diretora de marcar a eleição da presidência da Casa para a próxima quarta-feira, em reunião realizada na noite desta segunda-feira. Os deputados interessados em suceder Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou na semana passada, têm até as 12h de quarta para formalizar as candidaturas para o mandato tampão até fevereiro de 2017. Seguindo o regimento interno, cada candidato terá dez minutos para falar na sessão, com ordem de fala definida por sorteio. A votação está marcada para as 16h.
Até a noite desta segunda, dez deputados haviam formalizado candidatura. A única candidata da oposição até agora é a deputada Luiza Erundina (PSOL-SP), que formalizou a participação na eleição para a presidência da Câmara no fim da tarde desta segunda.
Os demais candidatos são parlamentares da base aliada do governo do presidente interino, Michel Temer. A maior parte das candidaturas é de deputados do chamado "centrão" (PSD, PP, PR, PTB, PSC, PTN, SD, e outros partidos médios). O PMDB, partido de Temer, tem dois candidatos.
Também disputam a presidência da Câmara Rogério Rosso (PSD-DF), Fausto Pinato (PP-SP), Carlos Henrique Gaguim (PTN-TO), Carlos Manato (SD-ES), Marcelo Castro (PMDB-PI), Fábio Ramalho (PMDB-MG), Heráclito Fortes (PSB-PI), Giacobo (PR-PR) e Cristiane Brasil (PTB-RJ).
Ainda são aguardadas as candidaturas de Beto Mansur (PRB-SP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), que já anunciaram a intenção de concorrer, mas ainda não a formalizaram.
DEM - A candidatura de Maia, aliás, ganhou o respaldo do DEM na noite desta segunda. Havia um impasse entre os democratas, pois o deputado José Carlos Aleluia (BA) também queria tentar o posto. Ele foi derrotado em votação simbólica, o que causou desconforto na bancada. Segundo os parlamentares, a candidatura de Aleluia foi "tardia". Para eles, Maia estava mais preparado e tinha conseguido reunir um apoio maior entre os outros partidos.

(Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será analisado e logo será postado. Obrigado!